Forbes Radar: Banco do Brasil, Petz, LPS e outros destaques corporativos

Últimas notícias sobre: Banco do Brasil, Petz, LPS Brasil, Viver, Usinas, Petrobras, Latam Airlines, Telecom Italia e Evergrande.

Mariangela Castro
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (29), o Banco do Brasil aprovou a distribuição de R$ 499,32 milhões em juros sobre o capital próprio aos acionistas. O pagamento será equivalente a R$ 0,174 por ação e será realizado no dia 30 de dezembro.

Já a Petz anunciou a aquisição de 100% do capital social da Zee.Dog, conforme intenção divulgada pela companhia no início de agosto. A operação depende da aprovação do CADE.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

Banco do Brasil (BBAS3)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Banco do Brasil aprovou a distribuição de R$ 499,32 milhões aos acionistas sob forma de Juros sobre o Capital Próprio (JCP). O valor será equivalente a R$ 0,17499127580 por ação e terá como base a posição acionária de 13 de dezembro de 2021. Os pagamentos estão previstos para o dia 30 de dezembro de 2021.

Petz (PETZ3)

O Conselho Administrativo da Petz aprovou a aquisição de 100% das ações de emissão da Zee.Dog, conforme intensão divulgada pela companhia no início de agosto. A ação agora está condicionada à aprovação do CADE, que tem 15 dias para anunciar sua decisão. Os valores da transação não foram divulgados.

LPS Brasil (LPSB3)

A LPS Brasil encerrou seu primeiro programa de recompra de ações, por meio do qual foram adquiridas 5 milhões de papéis de sua própria emissão, a um preço médio de R$ 3,13 cada. A companhia também aprovou um novo programa de recompra, que terá vigência entre hoje (29) e 26 de maio de 2023, durante o qual a empresa pode adquirir até 6 milhões de papéis de sua própria emissão, correspondendo a cerca de 4,07% do total de ações da LPS.

Viver (VIVR3)

A Viver aprovou o aumento de capital social dentro do limite autorizado pelo Conselho de Administração da companhia, com emissão de 2.472.901 novas ações ordinárias no valor de R$ 19,80 cada, totalizando R$ 49,963 milhões. A maior parte, 2.235.773 ações, está destinada a credores na forma prevista no plano de recuperação judicial do Grupo, totalizando R$ 44,268 milhões.

Usiminas (USIM5)

A Usiminas comunicou ao mercado aprovação da contratação da auditoria KPMG para auditar as suas demonstrações financeiras de 2022. Os valores do contrato não foram divulgados.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras informou que finalizou com êxito as negociações com a Proquigel Química, subsidiária da Unigel Participações, para o arrendamento da Usina Termelétrica TermoCamaçari, na Bahia.

O contrato tem vigência até agosto de 2030. “O arrendamento está alinhado com a estratégia da companhia de melhoria na sua alocação do capital e da construção de um ambiente favorável à entrada de novos participantes no segmento de gás e energia”, disse a empresa em nota.

A TermoCamaçari é uma usina termelétrica movida a gás natural com capacidade de 120 MW.

Latam Airlines (OTCMKTS: LTMAQ)

A Latam Airlines, maior grupo de transporte aéreo da América Latina, apresentou um plano de reestruturação que prevê a injeção de capital de US$ 8,19 bilhões. O objetivo é encerrar o processo de recuperação judicial que tramita na Justiça dos EUA.

A proposta inclui uma combinação de novas ações, títulos conversíveis e emissão de dívida, disse o grupo em um comunicado, acrescentando que pretende lançar uma oferta de US$ 800 milhões em direitos sobre ações ordinárias aos acionistas. Leia aqui a notícia completa.

Telecom Italia (BIT: TIT)

A Telecom Italia perdeu seu quarto presidente-executivo em seis anos depois que Luigi Gubitosi entregou o cargo após uma batalha com o principal investidor do grupo, a Vivendi, afirmou a companhia em comunicado ao mercado.

A empresa nomeou para o posto de diretor-geral Pietro Labriola, atual presidente-executivo da TIM no Brasil; ele acumulará as funções. Leia aqui a notícia completa.

Evergrande (HKG: 3333)

O presidente da chinesa Evergrande, Hui Ka Yan, vendeu 1,2 bilhão de ações da empresa a um preço médio de 2,23 dólares de Hong Kong cada ontem (25), de acordo com registros da Bolsa de Valores de Hong Kong.

A venda de ações, que vale um total de 2,68 bilhões de dólares de Hong Kong (US$ 344 milhões), reduz a participação de Hui na incorporadora sediada em Shenzhen de 77% para 67,9%. Leia aqui a notícia completa.

(Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: