Fortuna de Elon Musk despenca R$ 181 bi com queda das ações da Tesla após votação no Twitter

A Tesla perdeu US$ 140 bilhões em valor de mercado, a queda começou após Musk criar uma enquete perguntando se deveria vender 10% de sua participação na empresa.

Rachel Sandler
Compartilhe esta publicação:
Win McNamee/Getty Images
Win McNamee/Getty Images

A fortuna de Musk caiu US$ 33,3 bilhões, cerca de 10,94%, após o fechamento dos mercados na terça-feira

Acessibilidade


Tweets de Elon Musk no fim de semana, sobre a venda de 10% de sua participação na Tesla, fizeram com que as ações da empresa entrassem em montanha-russa.

As ações da montadora de carros elétricos Tesla tiveram ontem (9) o pior desempenho do ano. Caíram quase 12%, para US$ 1.023,50 cada, nos Estados Unidos. A baixa reduziu o valor de mercado da empresa em US$ 140 bilhões. Este foi o segundo dia de queda seguido. Na segunda-feira (8), o papel da Tesla recuou 16%.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A capitalização de mercado da empresa, fundada por Elon Musk, porém, ainda está acima de US$ 1 trilhão, uma vez que as ações da Tesla tiveram alta de 148% neste ano.

Com a movimentação, a fortuna de Musk caiu US$ 33,3 bilhões (o equivalente a R$ 181,84 bilhões), cerca de 10,94%, após o fechamento dos mercados na terça-feira. O desempenho empurrou o patrimônio líquido do empresário para US$ 271 bilhões, abaixo dos US$ 304,3 bilhões registrados no fechamento do pregão de segunda-feira (8).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Apesar disso, ele ainda é a pessoa mais rica do mundo, de acordo com a Forbes, à frente do fundador da Amazon, Jeff Bezos, que ocupa o segundo lugar, com US$ 204,1 bilhões. Na semana passada, Musk se tornou a pessoa mais rica que já caminhou pelo planeta, quando sua fortuna atingiu US$ 300 bilhões pela primeira vez.

A queda nas ações da Tesla começou após Musk criar uma enquete no Twitter no fim de semana, perguntando se ele deveria vender 10% de sua participação na empresa: “Muito se fala ultimamente de ganhos não realizados serem um meio de tributação evasivo.” O tweet foi uma resposta a uma proposta democrata fracassada no mês passado, para taxar os ganhos não realizados dos bilionários em empresas de capital aberto, como um meio de colher a receita fiscal destes bilionários.

Uma vez que Musk não recebe um salário da Tesla, ele não precisa pagar impostos federais sobre sua enorme fortuna – a maior parte referente a sua participação de 23% na Tesla – a menos que ele resgate as ações da companhia. “Observe, eu não recebo salário em dinheiro ou bônus de qualquer lugar. Eu só tenho ações, portanto, a única maneira de pagar impostos pessoalmente é vendendo ações ”, tuitou Musk no sábado.

Quase 58% dos usuários votaram sim na enquete, mas ele ainda não realizou a transação. Se o fizer, Musk deverá pagar quase US$ 5 bilhões em impostos sobre ganhos de capital ao governo norte-americano. É provável que ele utilize os lucros para pagar impostos adicionais para exercer uma operação de opções de ações da Tesla, que expira no próximo ano.

Compartilhe esta publicação: