Ibovespa fecha em alta com foco no cenário doméstico, em dia de feriado nos EUA

Nos últimos 12 meses, o IPCA-15 acumulou alta de 10,73% e permanece bem acima do teto da meta oficial, 3,75%.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (25) em alta de 1,24%, a 105.811 pontos, apoiado nos papéis da Petrobras (PETR3 e PETR4), que subiram 4,13% e 4,41%, após a empresa anunciar uma projeção de investimentos de US$ 68 bilhões para o período entre 2022 e 2026.

“A notícia que mais animou o mercado foi do lado dos proventos. A Petrobras estima que a distribuição de dividendos aos acionistas somará entre US$ 60 bilhões e US$ 70 bilhões até 2026, sendo US$ 20 a US$ 25 bilhões destinados à União”, diz Rafael Ribeiro, analista da Clear Corretora.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Gol (GOLL4), Banco PAN (BPAN4) e CVC (CVCB3) figuraram entre os destaques positivos da sessão, com avanços de 9,69%, 8,54% e 6,87%, respectivamente. A alta do Banco PAN veio após a superintendência-geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) ter aprovado, sem restrições, a incorporação da Mosaico, dona do Buscapé, pela instituição financeira.

Enquanto isso, a PEC (proposta de emenda constitucional) dos Precatórios permanece no radar dos investidores, com expectativas de que o projeto seja votado pelo plenário do Senado na semana que vem. Nesta quinta-feira, a Câmara dos Deputados aprovou a medida provisória que cria o Auxílio Brasil, que agora também segue para a Casa.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Antes da abertura do mercado, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou que o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial) subiu 1,17% em novembro, contra estimativa de 1,10%, segundo economistas. Foi a taxa mais elevada para o mês de novembro desde 2002.

Nos últimos 12 meses, o IPCA-15 acumulou alta de 10,73% e permanece bem acima do teto da meta oficial, 3,75%, com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

O dólar fechou em recuo de 0,54%, negociado a R$ 5,5648 na venda, sua maior queda em duas semanas. O movimento surgiu com investidores aproveitando para realizar lucros num dia sem grandes catalisadores externos, por conta do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, e em meio ao debate sobre o ritmo de aperto monetário no Brasil. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: