Iguatemi tem prejuízo de R$ 58 milhões no terceiro trimestre

Resultado financeiro líquido do grupo ficou negativo em R$ 211,5 milhões, um salto ante os R$ 20,869 milhões um ano antes.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A administradora de shopping centers Iguatemi reportou na véspera prejuízo de R$ 57,957 milhões para o terceiro trimestre, revertendo lucro de R$ 62,566 milhões um ano antes, afetado pela piora do resultado financeiro.

A receita líquida subiu 16,5%, para R$ 212,194 milhões, enquanto a linha de custos de aluguéis e serviços registrou alta de 59,8%, para R$ 62,302 milhões.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O resultado medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 153,522 milhões, alta de 14,5%, mas a margem Ebitda caiu 1,3 ponto percentual, para 72,3%.

O resultado financeiro líquido da Iguatemi ficou negativo em R$ 211,5 milhões no período, um salto ante o desempenho negativo de R$ 20,869 milhões um ano antes, afetado principalmente pela marcação a mercado das ações da Infracommerce.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Compartilhe esta publicação: