Ações de viagens caem com 4º dia de cancelamentos de voos em massa por Ômicron

Maioria dos papéis das companhias aéreas teve rali neste ano na esperança de um aumento no número de viagens nas festas natalinas.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Reuters
Reuters

Mais de 800 voos foram cancelados hoje (27), nos EUA

Acessibilidade


As ações das companhias aéreas dos Estados Unidos e outras empresas relacionadas a viagens devem cair com o aumento dos casos da variante Ômicron do coronavírus e problemas relacionados ao clima forçando o cancelamento de outras centenas de voos, que deixaram viajantes presos em todo o país.

Mais de 800 voos com chegada, partida ou dentro dos Estados Unidos foram cancelados hoje (27), segundo dados do site de rastreamento de voos FlightAware.com. Eles se somam aos mais de 3.000 cancelamentos de voos durante o fim de semana do feriado de Natal, geralmente um período de pico de viagens para norte-americanos.

LEIA TAMBÉM: Startup de aeronaves elétricas Beta é a nova aposta de Amazon e UPS

As ações da American Airlines Group Inc, United Airlines Holdings Inc, Delta Air Lines Inc e Southwest Airlines Co perdiam entre 2% e 3% no início da negociação.

A maioria dos papéis das companhias aéreas teve rali neste ano na esperança de um aumento no número de viagens, conforme viajantes começaram a visitar amigos e familiares depois de lidar com restrições relacionadas à pandemia no ano passado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No entanto, a escassez de funcionários nas empresas aéreas, complicações relacionadas ao clima e agora a variante Ômicron de rápida propagação interromperam voos com frequência este ano.

O mau tempo em algumas áreas também agravou os problemas dos viajantes.

A Southwest Airlines disse que cancelou cerca de 50 dos 3.600 voos programados para esta segunda-feira devido a problemas relacionados ao clima. Delta, United e American não responderam imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters.

Separadamente, o governo de Xangai disse nesta segunda-feira que o órgão regulador da aviação do país suspenderia dois voos da China Eastern Airlines Corp Ltd de Nova York para Xangai a partir de 3 de janeiro devido ao aumento de casos de Covid-19.

Outras ações de viagens também ficaram sob pressão, depois que a Ômicron causou preocupações de que restrições mais rígidas sejam implementadas.

As ações da Norwegian Cruise Line Holdings, Royal Caribbean Cruises Ltd e Carnival Corp recuavam entre 1,3% e 2,4%.

Pelo menos três navios de cruzeiros foram forçados a retornar ao porto no fim de semana depois que casos de Covid-19 foram detectados a bordo, de acordo com relatos da mídia.

As empresas de viagens Booking Holdings Inc, Airbnb Inc, Expedia Group Inc e Tripadvisor Inc caíam entre 0,6% e 1,8%.

As operadoras de hotel Marriott International Inc, Hilton Worldwide Holdings Inc e Hyatt Hotels Corp perdiam entre 1% e 2%.

Compartilhe esta publicação: