BRF propõe aumento de capital por meio de 'follow-on' e pode levantar R$ 6,6 bi

Segundo a empresa, oferta seria destinada a planeja reforçar sua estrutura de capital, o que a permitiria expandir suas atividades e realizar investimentos estratégicos.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Nacho Doce/Reuters
Nacho Doce/Reuters

Unidade da BRF em Lucas do Rio Verde (MT)

Acessibilidade


A BRF anunciou na noite de ontem (16) que propôs a seus acionistas um aumento de capital por meio da emissão de 325 milhões de novas ações ordinárias, potencialmente levantando R$ 6,63 bilhões.

A empresa disse em comunicado ao mercado que planeja reforçar sua estrutura de capital, o que a permitiria expandir suas atividades e realizar investimentos estratégicos.

SAIBA MAIS: Como a Olist tornou-se o mais novo unicórnio brasileiro?

Segundo a companhia,  R$ 500 milhões da oferta seriam destinados ao capital social e o restante do valor à formação de reserva de capital.

O negócio ainda depende de aprovação de uma assembleia geral de acionistas, marcada para ocorrer em 17 de janeiro, e de condições favoráveis de mercado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As ações da BRF fecharam a quinta-feira negociadas a  R$ 20,40. No ano, acumulam queda de 7,4%. (Com Reuters)

 

Compartilhe esta publicação: