Conheça as bilionárias da lista de mulheres mais poderosas do mundo da Forbes

Todas as 14 mulheres criaram, ganharam ou herdaram fortunas que estão usando para promover mudanças.

Jemima Mcevoy
Compartilhe esta publicação:
Taylor Hill / GettyImages
Taylor Hill / GettyImages

A cantora Rihanna é uma das três novas bilionárias da lista de Mulheres Mais Poderosas de 2021 da Forbes

Acessibilidade


As mulheres mais poderosas do mundo estão ficando cada vez mais ricas. Há 14 bilionárias na lista das 100 Mulheres Mais Poderosas do Mundo de 2021 – no ano passado, eram 12. Com um patrimônio conjunto de US$ 167,1 bilhões, as integrantes do ranking deste ano também estão US$ 16,7 bilhões mais ricas do que em 2020.

Todas essas 14 mulheres criaram, ganharam ou herdaram fortunas que estão sendo usadas para causar mudanças significativas no mundo – seus patrimônios líquidos vão de US$ 1,7 bilhão a US$ 57 bilhões. A filantropa MacKenzie Scott, ex-esposa do fundador da Amazon, Jeff Bezos – e a número um entre as mulheres mais poderosas deste ano –, é, de longe, a mais rica da lista.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A segunda mais rica é Abigail Johnson, CEO da Fidelity Investments (número seis no ranking), tem um patrimônio que não chega à metade desse valor, de acordo com estimativas da Forbes.

Algumas são bilionárias que chegaram lá por conta própria, tendo fundado empresas ou ascendido na hierarquia de seu respectivo setor, como a magnata da mídia Oprah Winfrey (No. 23) e a CEO da Oracle, Safra Catz (No. 19), que ingressou na gigante do software 22 anos atrás. Outras, como Scott e a fundadora e presidente do Emerson Collective, Laurene Powell Jobs (No. 32) – ambas filantropas prolíficas –, herdaram suas riquezas da família ou do cônjuge.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Também estão no grupo deste ano três novas bilionárias, entre as quais Melinda French Gates, classificada como a No. 5 entre as mulheres mais poderosas de 2021 por seu trabalho na Fundação Bill e Melinda Gates.

Presente na lista há muito tempo, French Gates foi considerada bilionária pela Forbes em maio, após seu divórcio de Bill Gates, cofundador da Microsoft e quarta pessoa mais rica do mundo. Como copresidente da fundação filantrópica fundada em 2000 French Gates ajudou a direcionar mais de US$ 60 bilhões ao objetivo da entidade: combater a pobreza, as doenças e a desigualdade em todo o mundo. A fundação é financiada, em grande medida, por doações de papéis da Microsoft pertencentes a Bill Gates, e, desde 2006, por doações feitas por Warren Buffett, que já contribuiu com vários bilhões de dólares.

Ela também comanda a Pivotal Ventures, firma de investimentos e incubação que criou em 2015, e tem se concentrado principalmente no financiamento de empresas fundadas por mulheres e outros grupos marginalizados.

A cantora Rihanna (No. 68) é outra integrante que já esteve na lista e virou bilionária este ano. Embora comprovadamente bem-sucedida devido à sua carreira musical de décadas, são os negócios de Rihanna – como a empresa de cosméticos Fenty Beauty e a linha de lingerie Savage x Fenty – que estão por trás de sua fortuna de dez dígitos e de seu status de musicista mais rica do mundo.

Em agosto, a Forbes revelou que Rihanna (nascida Robyn Fenty) se tornou bilionária graças, em grande parte, ao rápido sucesso da Fenty Beauty, que ela lançou em 2017 na forma de uma joint venture 50-50 com o conglomerado francês de produtos de luxo LVMH. O foco na diversidade e a missão inclusiva da empresa – que oferece bases em 50 tons, inclusive os mais difíceis de encontrar – repercutiram entre as clientes, elevando o valor de mercado da companhia a US$ 2,8 bilhões em agosto, segundo estimativas conservadoras da Forbes.

O patrimônio líquido da cantora também deu um salto em fevereiro, quando a Savage x Fenty, lançada como uma joint venture com o TechStyle Fashion Group em 2018, levantou US$ 115 milhões em um financiamento e chegou à avaliação de US$ 1 bilhão.

Outra nova bilionária da lista de Mulheres Poderosas é a indiana Falguni Nayar (No. 88), fundadora e CEO da varejista de cosméticos e moda Nykaa. Ex-banqueira de investimentos e ex-diretora-executiva do gigante bancário e financeiro Kotak Mahindra Group, Nayar usou US$ 2 milhões de seu próprio dinheiro para lançar a Nykaa em 2012, com o objetivo de levar marcas de beleza internacionais consagradas, como Clinique e Bobbi Brown, a clientes indianas.

Depois de conduzir a Nykaa até lucratividade no exercício fiscal de 2021, Nayar supervisionou o IPO de sua empresa controladora, a FSN E-Commerce Ventures, em novembro. A estreia, que elevou a avaliação de mercado da Nykaa a US$ 13 bilhões, fez de Nayar a primeira mulher empreendedora a abrir o capital de um unicórnio indiano. Seu patrimônio vale atualmente US$ 7,6 bilhões, e ela aparece pela primeira vez no ranking das mulheres mais poderosas do planeta publicado pela Forbes.

Estas são as bilionárias que estão na lista das 100 Mulheres Mais Poderosas deste ano (os valores dos patrimônios líquidos são os do fechamento das bolsas em 3 de dezembro de 2021):

  • Getty Images

    MacKenzie Scott

    Fortuna: US$ 57 bilhões
    Profissão: Filantropa
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 1° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 24° lugar

  • Bryan Bedder/Getty Images

    Melinda French Gates

    Fortuna: US$ 6,1 bilhões
    Profissão: Copresidente da Fundação Bill e Melinda Gates
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 5° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 470° lugar

  • Drew Angerer / Getty Images

    Abigail Johnson

    Fortuna: US$ 25 bilhões
    Profissão: CEO da Fidelity Investments
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 6° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 66° lugar

  • Justin Sullivan / Equipe

    Safra Catz

    Fortuna: US$ 1,7 bilhão
    Profissão: CEO da Oracle
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 19° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 1736° lugar

  • Getty Images

    Oprah Winfrey

    Fortuna: US$ 2,6 bilhões
    Profissão: Magnata da mídia
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 23° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 1280° lugar

  • Steve Jennings / Getty Images

    Laurene Powell Jobs

    Fortuna: US$ 17,1 bilhões
    Profissão: Fundadora e presidente do Emerson Collective
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 32° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 106° lugar

  • Step Up / Getty Images

    Sheryl Sandberg

    Fortuna: US$ 1,8 bilhão
    Profissão: diretora de operações do Facebook
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 36° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 1717° lugar

  • Matt King / GettyImages

    Gina Rinehart

    Fortuna: US$ 21,6 bilhões
    Profissão: presidente executiva da Hancock Prospecting
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 44° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 84° lugar

  • GettyImages

    Judy Faulkner

    Fortuna: US$ 6,4 bilhões
    Profissão: fundadora e CEO da Epic Systems
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 64° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 457° lugar

  • Ray Tamarra/Getty Images

    Rihanna (Robyn Fenty)

    Fortuna: US$ 1,7 bilhão
    Profissão: musicista e fundadora da Fenty Beauty
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 68° lugar

  • Mint / GettyImages

    Kiran Mazumdar-Shaw

    Fortuna: US$ 3,7 bilhões
    Profissão: fundadora, presidente e diretora-executiva da Biocon
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 72° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 859° lugar

  • Europics/Newscom

    Zhou Qunfei

    Fortuna: US$ 10,9 bilhões
    Profissão: fundadora e CEO da Lens Technology
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 79° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 186° lugar

  • The India Today Group / GettyImages

    Falguni Nayar

    Fortuna: US$ 7,6 bilhões
    Profissão: fundadora e CEO da Nykaa
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 88° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 411° lugar

  • Yonhap News/Newscom

    Lee Boo-Jin

    Fortuna: US$ 3,9 bilhões
    Profissão: presidente e CEO da Hotel Shilla
    Posição de ranking de mulheres poderosas: 89° lugar
    Posição de ranking de bilionários: 777° lugar

Getty Images

MacKenzie Scott

Fortuna: US$ 57 bilhões
Profissão: Filantropa
Posição de ranking de mulheres poderosas: 1° lugar
Posição de ranking de bilionários: 24° lugar

 

Compartilhe esta publicação: