Fundos de hedge têm pior desempenho dos últimos 20 meses

Hedge funds de ações lideraram as perdas ao serem pegos de surpresa pela nova variante Ômicron da Covid-19.

Redação
Compartilhe esta publicação:
GOD4ather/GettyImages
GOD4ather/GettyImages

O índice composto ponderado HFRI caiu 2,2% em novembro, maior queda mensal desde março de 2020

Acessibilidade


A indústria de hedge funds registrou em novembro seu pior desempenho em 20 meses, após uma liquidação no mercado global provocada por preocupações com a variante Ômicron da Covid-19, de acordo com dados da HedgeFund Research.

O índice composto ponderado HFRI caiu 2,2% em novembro, maior queda mensal desde março de 2020, quando a pandemia de coronavírus atingiu os mercados financeiros, disse a consultoria de pesquisa de hedge funds em relatório recebido hoje (8).

VEJA TAMBÉM: Goldman Sachs corta previsão de crescimento do PIB dos EUA para 2022 com temor por Ômicron

Os mercados financeiros entraram em queda livre na última semana de novembro, com as ações dos EUA em baixa de quase 4% nos últimos cinco pregões do mês, após notícias da variante Ômicron do coronavírus dominarem as manchetes. Medidas de volatilidade cambial e de títulos também saltaram.

Hedge funds de ações – que investem em uma combinação de estratégias compradas e vendidas – lideraram as perdas ao serem pegos de surpresa pela Ômicron. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Compartilhe esta publicação: