GM eleva previsão de lucro com alívio em problemas na cadeia de suprimentos

O desempenho financeiro da GM está se beneficiando da forte demanda do consumidor, preços elevados dos veículos novos e mais estabilidade no fornecimento de semicondutores.

Redação
Compartilhe esta publicação:

A General Motors espera que seu lucro ajustado antes de impostos em 2021 chegue a cerca de 14 bilhõesde dólares, acima da previsão anterior, disse o diretor financeiro da montadora, Paul Jacobson, durante uma apresentação.

Acessibilidade


A GM havia previsto lucros antes dos impostos ajustados de 11,5 bilhões a 13,5 bilhões de dólares.

O desempenho financeiro da GM está se beneficiando da forte demanda do consumidor, preços elevados dos veículos novos e mais estabilidade no fornecimento de semicondutores, disse Jacobson.

No entanto, a produção e os estoques de veículos não voltarão ao normal até o fim de 2022, advertiu Jacobson.

Os estoques apertados sustentam os preços mais altos. Mas a GM e seus rivais também estão lutando contra o aumento dos custos das commodities usadas em seus veículos.

“Vemos inflação em toda parte”, disse Jacobson.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Numa conversa online com um analista do Credit Suisse para a indústria automobilística, Jacobson disse que a GM será agressiva ao investir em veículos elétricos para tentar alcançar o líder de mercado de veículos elétricos Tesla e competir com rivais como Volkswagen e Ford.

Jacobson disse que prefere que a GM construa uma fábrica de baterias que fique ociosa por dois ou três anos do que ficar sem capacidade suficiente de bateria.

“Há dinheiro na conta e o talão de cheques está aberto”, disse Jacobson.

Isso é um contraste agudo com a austeridade que a GM impôs no início de 2020, quando a pandemia forçou uma suspensão quase total da produção.

(Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: