PEC dos Precatórios não é calote e coloca essas despesas embaixo do teto, diz Guedes

O ministro voltou a defender a privatização de estatais, afirmando que há centenas de bilhões de reais que querem entrar no Brasil e não o fazem "porque governo é dono e manda em tudo".

Redação
Compartilhe esta publicação:

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu nesta quinta-feira que a PEC dos Precatórios aprovada recentemente pelo Senado não constitui um calote, acrescentando que, com a proposta, o governo quer os precatórios também embaixo do teto de gastos.

Acessibilidade


Ao participar de evento sobre os dez anos de concessões aeroportuárias no Brasil, ele afirmou que o Brasil está “condenado a crescer”, apesar de todo pessimismo e barulho político.

O ministro voltou a defender a privatização de estatais, afirmando que há centenas de bilhões de reais que querem entrar no Brasil e não o fazem “porque governo é dono e manda em tudo”.

 

(Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: