Petrobras vende participação de bloco na Bacia do Potiguar e mais; veja os destaques do Forbes Radar

Últimas notícias sobre: Cielo, CSN e Alpargatas .

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (28), a Petrobras assinou nesta segunda-feira,(27), contrato com a Aguila Energia e Participações para a venda da participação no bloco exploratório terrestre POT-T-794, na Bacia do Potiguar,

Cielo pagará R$ 235,7 mil em Juros sobre Capital Próprio (JCP) e a CSN R$ 473,4 mil em JCP.

Confira os destaques:

Petrobras (PETR3/PETR4)

A Petrobras assinou nesta segunda-feira contrato com a Aguila Energia e Participações para a venda da participação no bloco exploratório terrestre POT-T-794, na Bacia do Potiguar, em conjunto com a Sonangol, conforme informou a petroleira em comunicado. O valor da venda foi de US$ 750 mil, sendo US$ 150 mil pagos nesta data e US$ 600 mil a serem pagos no fechamento da transação. “A Petrobras segue concentrando cada vez mais os seus recursos em ativos de águas profundas e ultra-profundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, produzindo óleo de melhor qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa”, disse a empresa em nota.

Cielo (CIEL3)

A Cielo pagará o montante de R$ 235,7 mil em Juros sobre Capital Próprio (JCP). O valor final por ação a serem pagos é de R$ 0,08725847942, com crédito aos acionistas em 11 de fevereiro de 2022. A remuneração terá como base a posição acionária ao final do pregão em 29 de dezembro de 2021.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

CSN Mineração (CMIN3)

A CSN Mineração pagará R$ 473,4 mil em Juros sobre Capital Próprio (JCP) que serão pagos aos acionistas em 20 de janeiro de 2022.

Alpargatas (ALPA4)

A Alpargatas, dona das Havaianas, fará o pagamento de R$ 90 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP) aos acionistas. Segundo a companhia, “o benefício contempla todas as 579.082.028ações escriturais emitidas em que se divide o capital social.”

Compartilhe esta publicação: