Preços do petróleo avançam com queda de estoques dos EUA

Estoques do produto caíram 3,6 milhões de barris na semana passada, registrado um total de 420 milhões de barris.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS_Angus Mordant
REUTERS_Angus Mordant

Produto vem de locais como a Bacia Permian, em Loving County, no Texas

Acessibilidade


Os preços do petróleo subiram hoje (29), depois que dados do governo mostraram que os estoques de combustíveis dos Estados Unidos caíram na semana passada, compensando as preocupações de que o aumento dos casos de coronavírus possa reduzir a demanda. O petróleo Brent subiu US$ 0,29 para fechar em US$ 79,23 o barril. O petróleo dos EUA (WTI) avançou US$0,58 para fechar em US$ 76,56 o barril.

LEIA TAMBÉM: Oportunidades de emprego em 2022: centenas de vagas em startups

Nos Estados Unidos, o número médio de casos diários confirmados de coronavírus atingiu um recorde de 258.312 nos últimos sete dias, revelou um levantamento da Reuters ontem (28).

Ambos os contratos futuros de petróleo foram negociados anteriormente em suas máximas em um mês, depois que os dados do governo dos EUA mostraram estoques de petróleo menores.

Os estoques de petróleo caíram 3,6 milhões de barris na semana passada, para 420 milhões de barris, em comparação com as expectativas de analistas em uma pesquisa da Reuters de uma queda de 3,1 milhões de barris.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O vice-primeiro-ministro russo, Alexander Novak, disse que o grupo de produtores Opep+ resistiu aos apelos de Washington para aumentar a produção porque quer fornecer ao mercado uma orientação clara e não se desviar da política de aumentos graduais da produção.

Compartilhe esta publicação: