QuintoAndar adquire grupo argentino Navent e expande na América Latina

Empresa brasileira anda na contramão do mundo corporativo, que tem evitado realizar grandes operações neste final de ano.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Para cofundadores do QuintoAndar, Gabriel Braga (esq.) e André Penha (dir.), cenário macroeconômico não é determinante para os planos da empresa

Acessibilidade


A plataforma de moradia QuintoAndar anunciou hoje (23) a aquisição das operações imobiliárias da argentina Navent por um valor não revelado. Esta foi a quarta aquisição da empresa no ano e, segundo o CEO Gabriel Braga, tem como objetivo aumentar a liquidez e acelerar o crescimento do ecossistema das imobiliárias na América Latina.

A Navent está presente nas principais economias da região. Ela é proprietária da Zonaprop (Argentina); Imovelweb, Wimoveis e Union Softwares (Brasil); Plusvalia (Equador); Compreoalquile (Panamá); Adondevivir e Urbania (Peru); Inmuebles24 (México) e Tokko Broker Software, que opera em todos esses países. Os negócios permanecerão independentes e menterão suas marcas após a aquisição pelo QuintoAndar.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A transação busca unir esforços entre as duas empresas. “A Navent nos ajuda a gerar liquidez para o mercado, agregando clientes finais e imobiliárias”, diz o CEO. “Agora, essas imobiliárias poderão escolher entre anunciar na Navent, se elas preferirem, ou fazer parcerias no modelo do QuintoAndar.”

O empresário afirma a união tem também como objetivo disponibilizar um menu de produtos financeiros mais robusto e completo para os clientes. A obtenção de crédito imobiliário é uma das principais barreiras para quem deseja comprar um imóvel, e soluções para este problema já estavam sendo elaboradas em parceria com a Atta Franchising, maior plataforma independente em crédito imobiliário do país, que foi adquirida pelo QuintoAndar em agosto.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa brasileira anda na contramão do mundo corporativo, que tem evitado realizar grandes operações neste final de ano, tendo em vista as turbulências políticas, incertezas fiscais, crescimento da inflação e juros em alta. A visão de Braga, porém, é que essa conjuntura não influencia os planos de longo prazo do QuintoAndar: “Se a condição econômica está mais favorável, ótimo, mas o nosso foco são as questões estruturais, e as oscilações de curto prazo não devem interferir tanto.”

Ele comenta que, para 2022, o QuintoAndar permanecerá aberto a novas oportunidades de aquisições, embora não revele se alguma já está em andamento. Segundo o CEO, a empreitada da empresa está apenas começando, tendo em vista que é ainda muito difícil pesquisar imóveis no Brasil e na América Latina.

“É necessário verificar diversas plataformas diferentes, as bases de dados não se ‘conversam’, as informações são desencontradas… Ainda estamos na superfície do que pode e precisa ser feito para que essa experiência possa ser prazerosa para o consumidor”, diz ele.

Além da Navent e da Atta Franchising, o QuintoAndar adquiriu a Casa Mineira, imobiliária e portal de classificados, em março, e, em dezembro, incorporou a startup de garantia locatícia digital Velo.

Compartilhe esta publicação: