TCU retira da pauta análise de processo de privatização da Eletrobras

Órgão avaliaria o bônus de outorga que a estatal elétrica precisará pagar.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

TCU avaliaria o bônus de outorga que a Eletrobras precisará pagar

Acessibilidade


O TCU (Tribunal de Contas da União) retirou da pauta do plenário de hoje (8) a primeira análise referente ao processo de privatização da Eletrobras, segundo documento atualizado e disponibilizado no site do tribunal.

Nessa primeira etapa, o TCU irá avaliar o bônus de outorga que a estatal elétrica precisará pagar pela renovação dos contratos de usinas hidrelétricas.

LEIA TAMBÉM: JPMorgan diz que 2022 será ano de recuperação global completa

Segundo cronograma da própria estatal, a oferta de “follow-on” está prevista para ocorrer até maio de 2022, mas o processo precisa passar por algumas análises até lá. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: