Wall Street abre em queda à espera da decisão do Federal Reserve

Hoje, foram divulgados os dados de vendas no varejo dos Estados Unidos, que subiram 0,3% no mês passado, menos do que a alta esperada de 0,8%.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


As bolsas de Nova York abriram hoje (15) em queda, com apostas de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, pode anunciar ainda nesta sessão um corte mais rápido de seu estímulo monetário à economia dos Estados Unidos.

“O mercado estima que [o Fed vai] anunciar uma aceleração da redução para fazer frente a esse momento de alta da inflação que a gente vem acompanhando no mundo e nos Estados Unidos”, aponta Pietra Guerra, especialista de ações da Clear Corretora.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Ontem (14), o Departamento de Trabalho anunciou que a inflação ao produtor, também conhecida como PPI, na sigla em inglês, veio acima do esperado, na casa de 9,6% ano a ano, enquanto o mercado esperava 9,2%. Esse foi o maior aumento de preços desde novembro de 2010.

Às 11h59 de Brasília, o Dow Jones caía 0,34%, a 35.409 pontos; o S&P 500 recuava 0,32%, a 4.619 pontos; e o Nasdaq registrava perdas de 0,48%, a 15.164 pontos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Hoje, foram divulgados os dados de vendas no varejo dos Estados Unidos, que subiram 0,3% no mês passado, menos do que a alta esperada de 0,8%, segundo economistas da Reuters. O movimento praticamente compensou o salto do mês anterior, quando os norte-americanos iniciaram suas compras de fim de ano mais cedo para evitar pagar mais pelas mercadorias em meio à escassez de produtos.

O dólar opera em alta de 0,20%, negociado a R$ 5,7055, conforme investidores aguardam a decisão de política monetária do Federal Reserve, que também poderá envolver um aumento antecipado dos juros. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: