Bolsa de Valores hoje: Ibovespa fecha em queda após pregão de realização de lucros

Os destaques positivos da sessão incluíram os papéis da Braskem (BRKM5), Cielo (CIEL3) e Hapvida (HAPV3).

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (28) em queda de 0,62%, a 111.910 pontos, depois de um pregão marcado pelas oscilações do mercado norte-americano. Ainda assim, o índice acumula avanço de 3% na semana, sua terceira semana seguida de ganhos.

“Após três dias de altas seguidas, o Ibovespa realizou lucros recentes, em grande parte devido ao desempenho das duas ações de maior peso do índice, Petrobras e Vale, [que registraram] queda mesmo com o avanço das commodities no mercado internacional”, comenta Alexsandro Nishimura, economista e sócio da BRA.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Os destaques positivos da sessão incluíram os papéis da Braskem (BRKM5), Cielo (CIEL3) e Hapvida (HAPV3), que avançaram 7,50%, 6,05% e 2,31%, respectivamente. A petroquímica ganhou impulso após a oferta secundária de suas ações ser adiada.

No cenário doméstico, a taxa de desemprego voltou a recuar no trimestre finalizado em novembro, indo a 11,6%, o nível mais baixo desde o início de 2020. Investidores também digeriram dados de crédito divulgados pelo Banco Central, que mostraram avanço no saldo total em dezembro frente a novembro.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em Wall Street, as bolsas encerraram o dia no azul. O Dow Jones subiu 1,65%, a 34.725 pontos; o S&P 500 avançou 2,43%, a 4.431 pontos; e o Nasdaq ganhou 3,13%, a 13.770 pontos.

Os índices foram apoiados pelo desempenho da Apple (AAPL), cujas ações subiram 6,98%, depois que a empresa divulgou fortes resultados e revelou parte de suas ambições no metaverso. A companhia quebrou uma sequência de oito dias de perdas, mas suas ações caminham para registrar o pior desempenho mensal em um ano.

“A Apple é conhecida por suas proezas na cadeia de suprimentos e muitos se perguntam sobre as ações que a empresa tomou e tomará para se posicionar melhor neste ano”, disse Scott Kessler, analista da Third Bridge.

Os gastos dos consumidores nos Estados Unidos caíram em dezembro, um resultado que sugere que a economia perdeu velocidade no início de 2022. Já a inflação anual subiu 0,5% no mês na base de comparação mensal, e 4,9% na comparação anual.

O dólar encerrou o dia em queda de 0,60%, negociado a R$ 5,3900 na venda. Esse foi o menor patamar da divisa em quase quatro meses, motivado pela estabilização dos mercados globais e uma recuperação de Wall Street no fim do dia. A moeda acumulou queda de 1,6% na semana. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: