Com gastos US$ 44 bilhões, Covid-19 é 3ª maior catástrofe da história para seguradoras

Mas projeções iniciais de mais de 100 bilhões de dólares em perdas seguradas ligadas à Covid-19 agora parecem "improváveis".

Da Reuters
Compartilhe esta publicação:
Radoslav Zilinsky/Getty Images
Radoslav Zilinsky/Getty Images

Mas projeções iniciais de mais de 100 bilhões de dólares em perdas seguradas ligadas à Covid-19 agora parecem “improváveis”

Acessibilidade


Perdas de 44 bilhões de dólares com a Covid-19 já representam o terceiro maior custo para seguradoras na história, superando catástrofes como as do furacão Katrina e dos ataques de 11 de setembro, disse a corretora de seguros Howden nesta terça-feira (4).

Mas projeções iniciais de mais de 100 bilhões de dólares em perdas seguradas ligadas à Covid-19 agora parecem “improváveis”, disse Howden em relatório sobre renovações de resseguro.

Essa previsão foi feita por especialistas do setor nos primeiros dias da pandemia, há quase dois anos, quando eventos foram cancelados e empresas forçadas a fechar em todo o mundo. Desde então seguradoras excluíram a Covid de muitas apólices.

“Há um limite para a cobertura de cancelamento de eventos, existe um limite para a cobertura de ação civil e, quando você chega a 40 bilhões, isso exauriu o que foi subscrito”, disse David Flandro, chefe de análise da Howden.

As taxas de resseguro para catástrofes imobiliárias subiram 9% no comparativo anual em 1º de janeiro, marcando seu maior aumento anual desde 2009, disse a Howden.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As resseguradoras cobrem parte dos custos das seguradoras e os aumentos nas taxas de resseguro são normalmente repassados ​​aos clientes das seguradoras.

Compartilhe esta publicação: