Ibovespa abre em alta enquanto mercados digerem ata do Fed

O dólar é negociado em leve queda, fazendo uma pausa após ter fechado em uma máxima de duas semanas ontem (5).

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa opera hoje (6) em leve alta de 0,26%, a 101.264 pontos, às 10h07 de Brasília, na esteira de uma queda de mais de 2% ontem, por conta da divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, banco central norte-americano.

Em sua decisão de política monetária em dezembro, o Fed havia sinalizado que sua meta de inflação fora cumprida e que fecharia em março as compras de títulos adotadas durante a pandemia, abrindo o caminho para três aumentos na taxa de juros até o fim de 2022. As discussões reveladas pela ata mostraram, entretanto, um banco central ainda mais preocupado com a inflação do que se imaginava.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Além de discussões sobre um eventual aumento da taxa de juros mais cedo ou em ritmo mais rápido, a ata também mostrou a possibilidade de o banco diminuir a sua carteira de títulos do Tesouro e dos lastreados em hipotecas acumulados durante a pandemia, um passo além do divulgado até então.

O dólar era negociado em leve queda de 0,18%, fazendo uma pausa após ter fechado em uma máxima de duas semanas ontem (5), com a divulgação da ata.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No cenário doméstico, a Vale (VALE3) é um dos destaques positivos, registrando ganhos de 1,43%, na esteira do avanço dos preços do minério de ferro. Os contratos futuros da commodity sobem com as expectativas de uma recuperação na demanda chinesa por matérias-primas e produtos siderúrgicos após a Olimpíada de Inverno em Pequim.

Divulgada nesta manhã pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a produção industrial brasileira mostrou queda de 0,2% em novembro, abaixo das expectativas do mercado de avanço de 0,1%. Esse foi o sexto resultado negativo seguido, e na comparação com o mesmo mês de 2020, a produção recuou 4,4%.

O mercado acionário da China fechou em baixa nesta quinta-feira, acompanhando as perdas globais após a ata do Federal Reserve ter indicado alta mais rápida do que o esperado nos juros dos Estados Unidos, enquanto o aumento das infecções por Covid-19 também pesou sobre o sentimento.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 1,02%, enquanto o índice de Xangai recuou 0,25%.

A variante Ômicron levou a uma nova onda de infecções de Covid-19 na região, provocando um lockdown no centro industrial de Xi’an, na China, e um toque de recolher em Nova Déli, capital da Índia. O Sensex, principal índice de desempenho de uma das bolsas indianas, registrou queda de 1,03%. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: