Petrobras revisa para baixo meta de produção de 2022

Companhia reduziu em 70 mil barris de óleo por dia a sua produção deste ano, o que terá impacto até 2026.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Sergio Moraes/Reuters
Sergio Moraes/Reuters

Meta de produção da Petrobras para este ano será de 2,6 milhões de boed

Acessibilidade


A Petrobras informou hoje (14) redução de 70 mil de boed (barris de óleo equivalente ao dia) na meta de produção de 2022, para refletir o efeito do resultado da 2ª Rodada de Licitações do Excedente da Cessão Onerosa, o que terá também impacto no total previsto para o plano de negócios até 2026.

Com isso, a empresa disse em fato relevante que terá uma alteração da faixa de 2,7 milhões de boed para 2,6 milhões de boed prevista para este ano, com variação de 4% para mais ou para menos.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A revisão também impactará a produção de óleo e produção comercial em cerca de 60 mil barris/dia, “mas permaneceram com as mesmas faixas”, respectivamente, de 2,1 milhões de boed e 2,3 milhões de boed, com variação de 4% para mais ou para menos.

A empresa explicou que a mudança reflete o início da vigência do Regime de Partilha de Produção em Atapu e Sépia, previsto para o início de maio de 2022.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Petrobras observou ainda que o início da partilha de produção dos FPSOs P-70 e Carioca (em Atapu e Sépia, respectivamente) impactará a meta de produção no período de 2023 a 2026, com redução estimada de 100 mil boed.

A companhia também disse que confirmou o atingimento de metas de produção em 2021.

Compartilhe esta publicação: