Ação da Anghami, rival do Spotify, dispara mais de 80% em estreia na Nasdaq

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Divulgação/Reprodução/Forbes Middle East
Divulgação/Reprodução/Forbes Middle East

Fundada por Elie Habib e Eddy Maroun, a Anghami viu suas ações dispararem mais de 80% em estreia na Nasdaq

Acessibilidade


As ações da Anghami, plataforma de streaming de música focada no Oriente Médio e Norte da África, saltaram mais de 80% em estreia na Nasdaq hoje (4).

A empresa fundada por Elie Habib e Eddy Maroun foi listada por meio de uma fusão de US$ 220 milhões com a SPAC, companhia de cheque em branco, Vistas Media Acquisition Company.

LEIA TAMBÉM: Neil Young X Spotify: outros boicotes que mudaram políticas das big techs

As ações perdiam parte do fôlego durante a tarde desta sexta-feira, avançando 35,2% às 16h09 (horário de Brasília), cotadas a US$ 13,29. No mesmo horário, o Nasdaq subia 2%.

Primeira empresa de tecnologia dos Emirados Árabes Unidos a listar açòes na Nasdaq, a Anghami, com sede em Abu Dhabi, tem mais de 70 milhões de usuários registrados e parcerias com as unidades fonográficas da Universal, Sony e Warner.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: