Bolsa de Valores hoje: Ibovespa opera na contramão de Wall Street e sobe

Índice é impulsionado por varejistas na tarde de hoje.

Amanda Péchy
Compartilhe esta publicação:
Money_GettyImages
Money_GettyImages

Quem lidera as baixas no pregão é o Banco Inter (BIDI11), que cede 7,01%

Acessibilidade


O Ibovespa opera em alta de 0,90%, a 112.729 pontos, às 14h de hoje (22), impulsionado pelas ações de varejistas, com exceção das Americanas (AMER3). O movimento é contrário ao exterior, onde as bolsas continuam pressionadas pelo potencial conflito entre Rússia e Ucrânia.

A tensão geopolítica, no entanto, segue no radar dos mercados, com a imposição de sanções severas pelos EUA e seus aliados europeus a Moscou depois de Vladimir Putin reconhecer a independência de duas regiões separatistas ucranianas.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

As ações da Petrobras (PETR3, PETR4) viraram para o negativo e operam em baixa de 1,33% e 0,50. O barril de petróleo Brent perdeu fôlego após bater US$ 99,50 mais cedo, o maior valor desde setembro de 2014, com a escalada de tensões na Ucrânia. A PetroRio (PRIO3) acompanha o movimento e cede 2,06%, assim como a 3R (RRRP3), que recua 1,67%.

“O mercado tem precificado altas de commodities, em especial gás natural e petróleo, e tem dado sinais mais amenos nas bolsas. As brasileiras se beneficiam do cenário apenas no curto prazo”, avalia João Beck, economista e sócio da BRA.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Quem lidera as baixas no pregão é o Banco Inter (BIDI11), que cede 7,01%. O lucro do banco digital caiu 67,1% na comparação entre o quarto trimestre de 2021 e o de 2020, mostrou o balanço divulgado nesta terça.

O Grupo Soma é o destaque positivo desta tarde, com alta de 7,89%. A gigante do varejo de moda é dona de marcas como Hering, Farm, Animale e Maria Filó.

Os papéis da Cogna Educação (COGN3), líder do mercado de educação e dona da rede Pitágoras de ensino, também aparecem entre as maiores do dia, com avanço de 6,61%.

Em Wall Street, as bolsas operam em baixa com todas as atenções voltadas para a crise entre Kiev e Moscou, com mais sanções no radar.

“O fator medo permanece elevado e, até que tenhamos uma imagem mais clara do que Putin pode ou não fazer, o mercado vai continuar confuso e volátil”, diz Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Spartan Capital Securities.

Às 14h00, o Dow Jones tinha queda de 0,89%, a 33.775 pontos; o S&P 500 tinha baixa de 0,68%, a 4.319 pontos; e o Nasdaq perdia 1,11%, a 13.397 pontos.

No mesmo horário, o dólar era negociado em queda de 0,89%, a R$ 5,0613 na venda. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: