Exposição de bancos brasileiros a efeitos de tensões geopolíticas é baixa, avalia comitê do BC

O Comitê de Estabilidade Financeira do Banco Central disse estar atento à evolução recente do cenário internacional.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

O Comitê considera que o sistema financeiro está preparado para enfrentar a materialização de eventuais riscos

Acessibilidade


O Comitê de Estabilidade Financeira do Banco Central disse após reunião hoje (24) que está atento à evolução recente do cenário internacional e segue preparado para atuar para minimizar eventual contaminação “desproporcional” sobre os preços dos ativos locais, em particular a taxa de câmbio.

Em nota, o Comef disse, no entanto, considerar que, diante das reduzidas exposição cambial e dependência de financiamento externo do sistema financeiro nacional, sua exposição aos efeitos das tensões geopolíticas internacionais é baixa.

“O Comitê considera que o sistema financeiro está preparado para enfrentar a materialização de eventuais riscos. A carteira de crédito segue com bom desempenho, as provisões para perdas de crédito estão adequadas e os bancos seguem líquidos e bem capitalizados”, disse o comitê.

VEJA TAMBÉM: Como a guerra entre Rússia e Ucrânia afeta a economia brasileira?

Compartilhe esta publicação: