Fechamento Ibovespa hoje: Bolsa encerra semana em alta sustentada por petróleo e Wall Street

Em Wall Street, ações de tecnologia recuperaram parte das perdas de ontem.

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (4) em alta de 0,49%, a 111.244 pontos, após um pregão de altos e baixos influenciado por Wall Street, que encerrou o dia também no azul após a divulgação de dados positivos do mercado de trabalho. Na semana, o principal índice brasileiro acumulou alta de 0,3%.

A alta do petróleo movimentou a bolsa e fez com que os papéis de companhias como Petrorio (PRIO3), Braskem (BRKM5), Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3 e PETR4) fechassem em alta, com avanços de 7,34%, 4,79%, 2,60% e 1,79%.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A Locaweb (LWSA3), companhia que registrou maior queda no fechamento de ontem (3), fez uma sessão de recuperação e teve a maior alta do Ibovespa, 11,33%.

O destaque negativo, por sua vez, ficou para os papéis Eztec (EZTC3) com queda de 6,41%, seguida pela Ecorodovias (ECOR3), após a empresa destituir o seu diretor-presidente apenas dois meses após a eleição. As ações caíram 6,38%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro assinou a portaria que oficializa o reajuste de 33,24% no piso salarial dos professores, segundo a variação do ICMS entre 2020 e 2021, e que deverá ser pago por estados e municípios.

Em Wall Street, os principais índices fecharam em alta após o Departamento de Trabalho informar a criação de 467 mil novas vagas de trabalho em janeiro, acima da expectativa do mercado de 125 mil.

O Dow Jones caiu 0,06%, a 35.089 pontos; o S&P 500 subiu 0,52%, a 4.500 pontos; e o Nasdaq ganhou 1,58%, a 14.098 pontos.

Os papéis de tecnologia reverteram parte das perdas do pregão de ontem. As ações da Meta (antigo Facebook), que caíram mais de 10% na véspera, hoje fecharam em alta de 1%.

O cenário positivo foi impulsionado pelo balanço do 4º trimestre da Amazon, que surpreendeu os investidores – os papéis da gigante do e-commerce subiram 13,54%. A maior alta, no entanto, foi da Snap, que avançou 58,82%.

O mercado de câmbio no Brasil mais uma vez sentiu o peso dos movimentos externos e o dólar terminou o pregão em alta de 0,47%, voltando a superar a marca de R$ 5,30 reais, cotado a R$ 5,3206. Na semana, o a moeda acumulou queda de 1,24%. Esta foi a quarta semana consecutiva de baixa, a mais longa série do tipo desde maio de 2021. (Com Reuters).

Compartilhe esta publicação: