Inter tem queda de 67% no lucro do 4º trimestre

O lucro líquido contábil caiu 67,1% no trimestre, em comparação anual, para R$ 6,4 milhões, segundo balanço divulgado na madrugada de hoje.

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Inter teve queda no lucro do quarto trimestre, pressionado por elevação de provisão para créditos duvidosos e na linha de despesas.

O lucro líquido contábil caiu 67,1% no trimestre, em comparação anual, para R$ 6,4 milhões, segundo balanço divulgado na madrugada de hoje.

A taxa de inadimplência acima de 90 dias ficou em 2,8%, estável frente a um antes e ao trimestre imediatamente anterior. Mas a provisão para créditos de liquidação duvidosa foi de R$ 144,7 milhões, mais que dobrando frente a igual período de 2020, quando registrou 65,8 milhões. No terceiro trimestre, a provisão tinha sido de R$ 155,7 milhões.

Além disso, o custo de aquisição de clientes subiu 7,4% no quarto trimestre, na comparação anual, enquanto a linha de outras despesas operacionais mostrou expansão a 354,4 milhões, frente a 178,4 milhões.

A receita total d Inter, que presta serviços financeiros como crédito, investimentos e seguros e tem operações de varejo, atingiu R$ 1,1 bilhão no trimestre, alta de cerca de 145% frente a um ano antes. A receita média por usuário ativo cresceu 18,3% e a base de clientes expandiu 93,4%, para 16,3 milhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A carteira de crédito ampliada quase dobrou no período, somando R$ 18,6 bilhões, contra 9,4 bilhões no final de 2020. O resultado bruto da intermediação financeira ajustado (NII), antes das provisões, subiu 86,6% e o retorno sobre o patrimônio líquido médio avançou a 1,0%, ante 0,2%.

Segundo a empresa, o volume transacionado pelo Inter Shop, sua plataforma de marketplace, somou R$ 1,1 bilhão, valor que compara-se a R$ 632,1 milhão  no final de 2020.

Compartilhe esta publicação: