Petrobras fecha contrato para prestação de serviços ao Projeto Integrado Parque das Baleias

O projeto prevê a interligação de 17 poços ao FPSO, sendo nove produtores de óleo e oito injetores de água.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Foto: Sergio Moraes/Reuters
Foto: Sergio Moraes/Reuters

Logo da Petrobras na sede da empresa no Rio de Janeiro

Acessibilidade


A Petrobras assinou ontem contratos com duas empresas do grupo da Yinson Production para afretamento e prestação de serviços do FPSO Maria Quitéria para o Projeto Integrado Parque das Baleias, a ser instalado no Campo de Jubarte, localizado na Bacia de Campos.

Segundo comunicado, os contratos seguem os mesmos parâmetros das cartas de intenção assinadas em novembro de 2021.

A previsão é de que a unidade inicie a produção no quarto trimestre de 2024, com capacidade de processamento de 100 mil barris de óleo e 5 milhões de metros cúbicos de gás por dia.

A Petrobras ainda disse que os contratos de afretamento e de serviços terão duração de 22 anos e 6 meses, contados a partir da aceitação final da unidade.

“O projeto prevê a interligação de 17 poços ao FPSO, sendo nove produtores de óleo e oito injetores de água”, afirmou a estatal.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Compartilhe esta publicação: