Navio carregando Porsches e Bentleys pega fogo perto dos Açores

As baterias de íon-lítio dos carros elétricos a bordo pegaram fogo e o incêndio requer equipamento especializado para ser extinto.

Da Reuters
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Marinha Portuguesa
Reprodução/Marinha Portuguesa

Não ficou claro se as baterias provocaram o incêndio.

Acessibilidade


Um navio com cerca de 4.000 veículos, incluindo Porsches, Audis e Bentleys, pegou fogo perto da costa dos Açores e será rebocado para outro país europeu ou para as Bahamas, disse à Reuters o capitão do porto mais próximo hoje (18)

As baterias de íon-lítio dos carros elétricos a bordo pegaram fogo e o incêndio requer equipamento especializado para ser extinto, segundo o capitão João Mendes Cabeças, do porto das Hortas.

“O navio está queimando de uma ponta à outra… está tudo em chamas cerca de cinco metros acima da linha d’água”, disse Cabeças.

Barcos de reboque estavam a caminho de Gibraltar e da Holanda, com três chegando até quarta-feira, afirmou Cabeças. Ele acrescentou que o navio não poderia ser rebocado para os Açores porque é tão grande que bloquearia o comércio no porto.

Uma equipe de resgate de 16 pessoas da Smit Salvage, de propriedade da empresa holandesa de engenharia naval Boskalis, foi enviada ao navio para ajudar a controlar as chamas, disse Boskalis.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O navio com bandeira do Panamá, de propriedade da Snowscape Car Carriers SA e administrado pela Mitsui O.S.K. Lines Ltd, viajava de Emden, na Alemanha –onde a Volkswagen tem uma fábrica– para Davisville, nos Estados Unidos, com base no site Maritime Traffic.

Mitsui O.S.K. Lines Ltd e Smit não responderam imediatamente a um pedido de comentário.

Os 22 tripulantes a bordo foram retirados na quarta-feira, quando o fogo começou, sem ninguém ferido, informou a Marinha de Portugal em comunicado.

Compartilhe esta publicação: