Sony eleva previsão de lucro após sucesso de "Homem-Aranha" turbinar resultados trimestrais

O lucro operacional em seus negócios de mídia e entretenimento aumentou mais de sete vezes.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Toru Hanai/Reuters
Toru Hanai/Reuters

Logotipo da Sony Corp é visto em uma loja de eletrônicos no aeroporto internacional de Narita, Japão, 1º de novembro de 2016

Acessibilidade


A Sony elevou sua previsão de lucro para o ano cheio em 15% hoje (2), depois de divulgar resultados trimestrais bem acima das expectativas, impulsionados pelo sucesso de “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa”, que se tornou a sexta maior bilheteria da história.

O lucro operacional em seus negócios de mídia e entretenimento aumentou mais de sete vezes, para 149,4 bilhões de ienes (US$ 1,30 bilhão) no terceiro trimestre fiscal, encerrado em dezembro, com a receita da unidade mais que dobrando.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A Sony espera que o negócio registre lucro de 205 bilhões de ienes no atual ano fiscal, já que o filme do super-herói, lançado em dezembro, arrecadou mais de US$ 1,7 bilhão em todo o mundo, apesar da disseminação da variante Ômicron.

O segmento também foi impulsionado pelas receitas do filme “Venom: Tempo de Carnificina” e pelo licenciamento do seriado “Seinfeld”, juntamente com a venda do negócio de jogos para celular GSN Games.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O lucro operacional trimestral geral da Sony – conglomerado que abrange áreas como entretenimento, sensores e serviços financeiros – foi de 465,2 bilhões de ienes, em comparação com lucro médio estimado de 351,6 bilhões de ienes de nove analistas consultados pela Refinitiv.

A Sony aumentou sua previsão de lucro anual para 1,2 trilhão de ienes, de 1,04 trilhão de ienes, prognóstico superior ao lucro médio de 1,09 trilhão de ienes estimado em sondagem com 24 analistas, mostraram dados da Refinitiv.

O segmento de jogos da empresa, focado no PlayStation, também registrou aumento no lucro, com vendas de 3,9 milhões de unidades PS5 no terceiro trimestre, mas o fornecimento de hardware foi prejudicado pela escassez de componentes.

Como resultado, a Sony cortou sua previsão de vendas do PS5 para 11,5 milhões de unidades, de 14,8 milhões de unidades.

Compartilhe esta publicação: