Wall Street abre em queda após balanço da Meta decepcionar investidores

Ações de empresas de tecnologia, como Snapchat e Twitter, também registram perdas.

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

NurPhoto/Getty Images

Acessibilidade


As bolsas de Nova York abriram hoje (3) em queda, com os balanços do 4º trimestre movimentando os sentimentos dos investidores.

As ações da dona do Facebook, Meta, caíram mais de 20% após a gigante da mídia social divulgar uma previsão pessimista, culpando as mudanças da política de privacidade da Apple e o aumento da concorrência pelo resultado.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A empresa informou lucro líquido de US$ 10,2 bilhões no 4º trimestre de 2021, queda de 8% em relação ao mesmo período de 2020. A receita líquida, por sua vez, somou US$ 33,67 bilhões, acima do projetado.

Os papéis de outras empresas do ramo de redes sociais também recuaram, seguindo a dona do Facebook. Após o fechamento, os papéis do Snapchat caíram 16%, as ações do Twitter recuaram 8% e os ativos do Spotify perderam 10,2%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Por volta das 11h55, o Dow Jones recuava 0,82%, a 35.339 pontos. O S&P 500 registrava queda de 1,49%, a 4.517 pontos. O índice Nasdaq perdia 2,19%, a 14.094 pontos.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caíram em 23 mil, para 238 mil em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 29 de janeiro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta.
O dólar opera em alta de 0,63%, negociado a R$ 5,3085, após o Banco Central sinalizar que deve desacelerar o ritmo de seu ciclo de aumentos da taxa básica de juros. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: