Bolsa de Valores hoje: Ibovespa abre em alta com apoio de commodities

O petróleo Brent avança mais de 4% nesta manhã, chegando a US$ 112 o barril; papéis da Petrobras sobem.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa opera em alta de 0,44% na abertura do pregão de hoje (21), a 115.919 pontos, às 10h20, horário de Brasília. Assim como os mercados internacionais, o índice reage ao aumento dos preços das commodities, e à ausência de progresso nas negociações de paz na Ucrânia.

O petróleo Brent avança mais de 4% nesta manhã, chegando a US$ 112 o barril, após o chefe de política externa da União Europeia, Josep Borrell, dizer que o bloco está pronto para discutir a inclusão da energia à nova rodada de sanções contra a Rússia.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Vamos continuar a trabalhar no apoio à Ucrânia, em termos de recursos. Vamos falar sobre que sanções adicionais podemos ponderar novamente, especialmente relacionadas à energia”, afirmou o diplomata nesta segunda-feira.

Os papéis da Petrobras (PETR3 e PETR4) sobem 1,93% e 1,83%, respectivamente. Já a Vale (VALE3), embalada pelo avanço do minério de ferro, avança 1,60%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ainda em relação aos conflitos entre Rússia e Ucrânia, o sentimento internacional azedou hoje após o Kremlin dizer que não houve progresso significativo nas negociações de paz.

“Para que possamos falar de uma reunião entre os dois presidentes, é preciso fazer o dever de casa. As conversações têm que ser realizadas e seus resultados têm que ser acordados”, disse Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin. “Não houve nenhum progresso significativo até agora.”

Por outro lado, as esperanças de que a China poderá intermediar a paz continuam vivas.

Ontem (20), o ministro de Relações Exteriores chinês, Wang Yi, disse que “sempre defendemos a manutenção da paz e a oposição à guerra”, reiterando que a China fará julgamentos independentes.

O dólar opera em queda de 0,27%, sendo negociado a R$ 5,0020 na venda.

Na Ásia, o índice de blue-chips da China e as ações de Hong Kong fecharam em baixa. Investidores ficaram decepcionados com a decisão do banco central de deixar inalterada sua taxa de juros referencial em meio ao aumento dos casos domésticos de Covid-19.

Os mercados esperam agora que as autoridades retomem o afrouxamento monetário em breve para reanimar a economia, abalada pelo crescimento mais fraco do crédito e problemas no setor imobiliário.

O Hang Seng, de Hong Kong, caiu 0,89%; e o BSE Sensex, de Mumbai, fechou o dia em baixa de 0,99%. Já no Japão, o índice Nikkei ganhou 0,65%, enquanto o Shangai, na China continental, subiu 0,08%.

Na Europa, os principais índices operam sem direção definida, ao início de uma semana de intensa diplomacia com o objetivo de aprovar mais medidas contra Moscou.

“Olhando para a extensão da destruição na Ucrânia agora, é muito difícil argumentar que não deveríamos entrar no setor de energia, particularmente petróleo e carvão”, disse o ministro das Relações Exteriores da Irlanda, Simon Coveney.

Mas mirar o petróleo russo, como os Estados Unidos e o Reino Unido fizeram, é uma escolha difícil e divisiva para os 27 países do bloco, que dependem da Rússia para 40% de seu gás.

Diplomatas disseram que os países bálticos, incluindo a Lituânia, estão pressionando por um embargo como o próximo passo lógico. Por outro lado, a Alemanha, que depende muito do gás russo, está alertando para não agir rápido demais por causa dos altos preços da energia na Europa.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chega a Bruxelas na quinta-feira (24) para conversar com 30 aliados da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), além da UE e um formato do G7, incluindo o Japão, para endurecer a resposta a Moscou.

Por volta das 10h25, o Stoxx 600 ganhava 0,17%; na Alemanha, o DAX subia 0,02%; na França, o CAC 40 operava em queda de 0,12; na Itália, o FTSE MIB ganhava 0,81%; enquanto, no Reino Unido, o FTSE 100 avançava 0,46%. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: