EUA anunciam aumento de 0,25 ponto percentual na taxa de juros

A decisão veio em linha com as expectativas do mercado.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:
Jonathan Ernst/Getty Images
Jonathan Ernst/Reuters

A autoridade monetária mencionou a invasão da Ucrânia como um dos fatores que vêm pressionando os preços

Acessibilidade


O Federal Reserve, banco central norte-americano, elevou a taxa de juros dos Estados Unidos em 0,25 ponto-percentual, para o intervalo entre 0,25% e 0,50%. O resultado veio em linha com as expectativas do mercado, e foi a primeira alta de juros no país desde 2018.

Em comunicado, a autoridade monetária afirmou que “a inflação permanece elevada, refletindo desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia, preços mais altos de energia e pressões mais amplas sobre os preços.”

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A instituição também mencionou a invasão da Ucrânia pela Rússia como um dos fatores que vêm provocando a elevação dos preços.

“As implicações para a economia dos EUA são altamente incertas, mas no curto prazo, a invasão e os eventos relacionados provavelmente criarão uma pressão ascendente adicional sobre a inflação e pesarão na atividade econômica”, afirmou.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

James Bullard, presidente do Fed em St. Louis, havia apoiado um aumento de 0,5 ponto-percentual nos juros.

“Os membros [do Fed] esperam sete aumentos em 2022, o que elevaria a taxa para 1,88% no final do ano. Para 2024, a expectativa é que a taxa fique em 2,75%”, comenta Andrey Nousi, fundador da Nousi Finance. “[Também] esperam começar a reduzir o balanço patrimonial em breve.”

As autoridades avaliam que o aumento dos juros poderá desacelerar a economia norte-americana. As suas estimativas de crescimento do país em 2022 já foram reduzidas de 4% para 2,8%.

Compartilhe esta publicação: