Mais da metade dos acionistas da Toshiba rejeitam plano de cisão

Um pedido separado para uma compra de private equity também foi rejeitado por quase 55% dos votantes.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Kim Kyung-Hoon/Reuters
Kim Kyung-Hoon/Reuters

Houve uma oposição generalizada ao plano apoiado pela administração da Toshiba para desmembrar o negócio de dispositivos

Acessibilidade


Quase 60% dos acionistas da Toshiba votaram contra um plano de desmembrar seus negócios de dispositivos do restante do grupo, segundo um documento disponibilizado hoje (28) e que detalha a votação realizada na semana passada.

Um pedido separado do acionista ativista 3D Investment Partners para uma compra de private equity também foi rejeitado por quase 55% dos acionistas que votaram. Ambas as propostas precisavam de 50% dos votos para serem aprovadas na reunião extraordinária da última quinta-feira.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Com as duas propostas concorrentes rejeitadas, o conglomerado japonês precisa buscar alternativas, potencialmente focando no plano do novo presidente-executivo Taro Shimada, de aumentar receita com assinaturas vinculando software com hardware.

Houve uma oposição generalizada ao plano apoiado pela administração da companhia para desmembrar o negócio de dispositivos, inclusive dos três maiores acionistas da Toshiba e empresas de consultoria de acionistas proxy.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A proposta da 3D, o segundo maior acionista da Toshiba com uma participação de mais de 7%, teve o apoio de outros acionistas ativistas, mas a consultoria Institutional Shareholder Services (ISS) emitiu parecer desaconselhando essa opção.

Compartilhe esta publicação: