Resultados da Xiaomi superam estimativas com crescimento de receitas

As vendas de smartphones aumentaram 4,4%, para 44,1 milhões de unidades no trimestre, disse a Xiaomi em comunicado.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Aly Song/Reuters
Aly Song/Reuters

Loja da Xiaomi no Japão

Acessibilidade


A fabricante chinesa de smartphones Xiaomi divulgou hoje (22) um aumento de 21,4% nas receitas do quarto trimestre de 2021, acima do esperado pelo mercado, diante de uma leve alta nas vendas após a escassez global de chips e os efeitos do pico da pandemia.

“Em 2021, passamos por uma situação muito complexa”, disse o presidente da Xiaomi, Wang Xiang, em uma teleconferência de resultados. “A oferta está em uma posição muito severa ou apertada, e há um impacto geopolítico. No entanto, o desempenho da Xiaomi mostrou que somos uma empresa resiliente.”

A receita subiu para 85,58 bilhões de iuanes (13,45 bilhões de dólares) no trimestre encerrado em 31 de dezembro, em comparação com 70,46 bilhões de iuanes no mesmo período do ano anterior e expectativas de analistas de 81,80 bilhões de iuanes, segundo dados da Refinitiv.

As vendas de smartphones aumentaram 4,4%, para 44,1 milhões de unidades no trimestre, disse a Xiaomi em comunicado.

O lucro líquido subiu 39,6%, para 4,47 bilhões de iuanes, também acima das expectativas dos analistas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Wang disse que garantir um fornecimento constante de chips ainda era um desafio no primeiro trimestre de 2022, mas que espera uma melhora na situação até junho.

A empresa, que obtém a maior parte de sua receita com a venda de aparelhos celulares, disse que a receita de smartphones aumentou 18,4%, para 50,5 bilhões de iuanes no trimestre.

Compartilhe esta publicação: