Totvs (TOTS3) compra fintech Vadu por R$ 40 milhões; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Eternit, Aliansce Sonae, Méliuz, Rede D’Or, GPS, Grupo SBF, Cemig e mais.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (30), a Totvs informou que sua controlada Dimensa acertou a aquisição de 100% da Vadu, plataforma de análise de crédito, por pelo menos R$ 40 milhões, segundo comunicado ao mercado.

Já a Eternit informou que foi aprovado o pagamento de dividendos no montante de R$ 24,3 milhões, correspondente a R$ 0,3937 por ação ordinária.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Totvs (TOTS3)

A Totvs informou que sua controlada Dimensa acertou a aquisição de 100% da Vadu por pelo menos R$ 40 milhões, segundo comunicado ao mercado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Totvs explicou que o contrato prevê pagamento complementar, dependendo do atingimento de certas metas e condições.

Fundada em 2016, a Vadu é uma plataforma de soluções de análise, automação e monitoramento para o mercado de crédito. Com base no resultado de março de 2022, a Vadu tem receita bruta anualizada de cerca de R$ 17 milhões.

Eternit (ETER3)

A Eternit informou que foi aprovado o pagamento de dividendos no montante de R$ 24,3 milhões, correspondente a R$ 0,3937 por ação ordinária. O pagamento será realizado em 8 de abril aos acionistas que estiverem na base acionária da companhia na data de hoje (30).

Aliansce Sonae (ALSO3)

A Aliansce Sonae reportou um lucro líquido de R$ 115,7 milhões no quarto trimestre de 2021, crescimento de 2.106% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

“Com o controle da pandemia, observamos uma recuperação consistente das atividades em nossos shoppings”, afirmou a empresa em comunicado.

Méliuz (CASH3)

A Méliuz mais do que dobrou sua receita no quarto trimestre, mas fechou o ano com prejuízo, diante de queda nas margens e forte aumento das despesas.

A companhia anunciou que sua receita líquida de outubro a dezembro somou R$ 97,7 milhões, aumento de 126% ano a ano.

A base de usuários ativos totalizou 9,4 milhões no fim do ano passado, um aumento de 76% no ano. As vendas totais em seu marketplace atingiram R$ 1,7 bilhão no trimestre, crescimento também de 76% ano a ano.

Porém, as despesas operacionais deram um salto. A companhia não forneceu um comparativo anual para o trimestre. Na comparação sequencial, a despesa disparou 118,7%, a R$ 152 milhões. Em 2021, a despesa evoluiu 242%, para R$ 331,3 milhões.

Rede D’Or (RDOR3)

A Rede D’Or registrou lucro líquido de R$ 419,5 milhões no quarto trimestre de 2021, 38,5% acima do mesmo período do ano anterior.

GPS (GGPS3)

A GPS informou que foi aprovada a aquisição, pela sua controlada In-Haus Industrial e Serviços de Logística, de 60% das quotas de emissão da sociedade Motus.

A Motus presta serviços de logística com forte presença nos estados de Minas Gerais e São Paulo, além de outros, e registrou receita bruta de aproximadamente R$ 107 milhões no período de doze meses findo em 28 de fevereiro de 2022.

Grupo SBF (SBFG3)

O Grupo SBF registrou lucro líquido de R$ 288,4 milhões no quarto trimestre de 2021, revertendo prejuízo de R$ 4,5 milhões visto na mesma etapa de 2020.

Cemig (CMIG4)

A Cemig registrou lucro líquido de R$ 963 milhões no quarto trimestre de 2021, queda de 24,3% na comparação anual.

IMC (MEAL3)

A IMC teve prejuízo líquido de R$ 41,7 milhões no quarto trimestre de 2021, o que representa uma alta de 5,4% na base anual.

GetNinjas (NINJ3)

A GetNinjas registrou prejuízo líquido de R$ 6,9 milhões no quarto trimestre de 2021, ante prejuízo de R$ 2,8 milhões na mesma etapa de 2020.

Boa Safra (SOJA3)

A Boa Safra reportou um salto de 82% no lucro líquido de 2021, para R$ 127,8 milhões, e vê 2022 com otimismo diante da forte demanda por sementes de alta tecnologia, em momento em que os agricultores se planejam para equalizar os elevados custos da próxima temporada.

Em entrevista à Reuters, o CEO da empresa, Marino Colpo, disse que os produtores têm apostado em sementes de boa qualidade para contribuir com a produtividade das lavouras de 2022/23, já que os preços dos fertilizantes estão mais caros e com oferta limitada devido à guerra entre Rússia e Ucrânia.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras recebeu indicação para candidatos ao conselho de administração às vagas destinadas a representantes de preferencialistas e de minoritários ordinaristas, conforme comunicado divulgado ontem (29).

Os acionistas FIA Dinâmica Energia e Banclass FIA, ambos administrados pelo Banco Clássico, indicaram os candidatos Daniel Alves Ferreira como membro dos preferencialistas; e Rodrigo de Mesquita Pereira pelos minoritários, para eleição em separado.

Em comunicado à parte, a estatal disse que Francisco Petros Papathanasiadis também foi indicado para a eleição em separado de acionistas minoritários ordinaristas.

A definição ocorrerá em assembleia geral em 13 de abril.

Compartilhe esta publicação: