Amazon e SpaceX ganham contratos da Nasa para comunicação a partir do espaço

Agência espacial investirá cerca de R$ 1,28 bilhão em companhias.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Joe Skipper/Reuters
Joe Skipper/Reuters

Instalações da NASA em Cabo Canaveral, Flórida (EUA).

Acessibilidade


O negócio de satélites da Amazon, a rede Starlink da SpaceX e outras empresas de satélites ganharam ontem (20) um contrato de US$ 278,5 milhões (R$ 1,28 bilhão) da Nasa para projetos de comunicações no espaço enquanto a agência espacial dos EUA planeja trocar sua atual rede de satélites em órbita por sistemas privados.

O projeto Kuiper da Amazon, uma rede planejada de mais de 3.000 satélites para transmitir internet de banda larga para regiões remotas, ganhou US$ 67 milhões (cerca de R$ 309 milhões), enquanto o empreendimento Starlink da SpaceX, uma rede de internet por satélite maior com cerca de 2.000 satélites, recebeu US$ 70 milhões (cerca de R$ 323 milhões).

LEIA TAMBÉM: Um minuto na Tesla pode valer US$ 1 milhão e isso me tira o sono, diz Elon Musk

A Nasa usa seu sistema para se comunicar com naves espaciais em órbita, como a cápsula Crew Dragon da SpaceX, quando transporta astronautas para a Estação Espacial Internacional. Espera-se que cada empresa conclua o desenvolvimento e as demonstrações de seus satélites até 2025, disse a Nasa.

Os outros premiados incluem Inmarsat, SES, Telesat e ViaSat. A concorrência é acirrada principalmente entre SpaceX, Amazon e Telesat de Elon Musk para fornecer internet de banda larga a partir do espaço, um empreendimento comercial caro que pode gerar bilhões em receita quando estiver totalmente operacional, dizem analistas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: