Tesla entrega recorde de veículos no primeiro trimestre, mas produção cai

A montadora entregou 310.048 carros no período.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Patrick Pleu/Pool/Reuters
Patrick Pleu/Pool/Reuters

Como efeito de problemas nas cadeias de fornecimento, a Tesla reduziu sua produção de veículos elétricos em relação ao trimestre anterior

Acessibilidade


A Tesla Inc relatou hoje (2)  entregas recordes de veículos elétricos para o primeiro trimestre, mas a sua produção caiu em relação ao trimestre anterior, graças a problemas nas cadeias de fornecimento e pela suspensão de uma fábrica na China.

“Foi um trimestre excepcionalmente difícil por causa de interrupções na cadeia de fornecimento e a política de Covid-19 zero da China”, tuitou o CEO da empresa, Elon Musk.

LEIA TAMBÉM: Novo Rolls-Royce 3.0 Spectre, totalmente elétrico, finaliza testes na Suécia

A Tesla entregou 310.048 veículos no trimestre, um pequeno aumento em relação ao trimestre anterior, e crescimento de 68% em relação a um ano atrás. Wall Street esperava entregas de 308.836 carros, segundo dados da Refinitiv.

A Tesla produziu 305.407 veículos entre janeiro e março, de 305.840 no trimestre anterior.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Tesla, mais valiosa montadora do mundo, aumentou as vendas ao enfrentar problemas na cadeia de abastecimento gerados pela pandemia melhor do que seus concorrentes, e com uma nova fábrica em Xangai, na China, impulsionando o crescimento.

Mas um pico recente de casos de Covid-19 na China forçou a Tesla a suspender a produção temporariamente em sua fábrica em Xangai, com a cidade em lockdown para testar moradores para a doença.

Compartilhe esta publicação: