Alibaba supera estimativas de receita com ajuda de compras de nicho na China

As ações da empresa listadas nos Estados Unidos subiam cerca de 11% nesta manhã

Reuters
Compartilhe esta publicação:
VCG/GettyImages
VCG/GettyImages

A receita da divisão de computação em nuvem do Alibaba aumentou 12%

Acessibilidade


O Alibaba superou hoje (26) as expectativas de receita trimestral, com a força de compras online de nicho na China compensando o fraco desempenho em seus principais mercados causada pelos lockdown contra a Covid-19.

As ações do Alibaba listadas nos Estados Unidos, que perderam cerca de um terço de seu valor até agora este ano, subiam cerca de 11% por volta de 11h20 (horário de Brasília).

>> Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

A receita da divisão de computação em nuvem do Alibaba aumentou 12%, para 18,97 bilhões de iuanes no trimestre. Na unidade de comércio principal, a receita aumentou 8%, para 140,33 bilhões de iuanes.

A empresa disse que não emitirá uma previsão para o novo ano fiscal, citando riscos e incertezas relacionados à pandemia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No geral, a receita do Alibaba aumentou 9%, para 204 bilhões de iuanes (US$ 30,35 bilhões) no trimestre. Analistas, em média, esperavam receita de 199,25 bilhões de iuanes, segundo dados da Refinitiv.

Os consumidores ativos em suas plataformas atingiram cerca de 1,31 bilhão no ano fiscal, incluindo mais de 1 bilhão de consumidores na China.

O lucro líquido atribuível aos acionistas caiu 59%, para 61,96 bilhões de iuanes no trimestre encerrado em 31 de março, principalmente devido a perdas associadas a seus investimentos de capital em empresas de capital aberto.

A Ant, braço de fintech do Alibaba, lucrou cerca de 22 bilhões de iuanes no trimestre encerrado em dezembro, segundo registros do Alibaba, ante 21,76 bilhões de iuanes um ano antes.

Compartilhe esta publicação: