Biden discutirá inflação com chair do Fed hoje

A inflação é apenas uma das muitas crises enfrentadas pela Casa Branca, que também lida com a violência armada e a invasão da Ucrânia pela Rússia

Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Kevin Lamarque
REUTERS/Kevin Lamarque

A reunião, a primeira desde a confirmação de Powell para um segundo mandato pelo Senado, acontece também em um momento em que Biden procura reduzir os custos de gasolina, alimentos e bens de consumo

Acessibilidade


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, se reunirá com o chair do Federal Reserve, Jerome Powell, hoje em um momento em que a inflação em recordes históricos continua a drenar os bolsos dos norte-americanos.

A reunião, a primeira desde a confirmação de Powell para um segundo mandato pelo Senado, acontece também em um momento em que Biden procura reduzir os custos de gasolina, alimentos e bens de consumo que elevaram a inflação a seus maiores patamares em 40 anos.

A inflação é apenas uma das muitas crises enfrentadas pela Casa Branca, que também lida com a violência armada e a invasão da Ucrânia pela Rússia, por exemplo.

Biden parabenizará Powell por sua confirmação, discutirá as economias norte-americana e global e a prioridade máxima do presidente de “tratar da inflação para a transição de uma recuperação econômica histórica para um crescimento estável e constante que funcione para as famílias trabalhadoras”, disse uma autoridade da Casa Branca.

O Fed já aumentou as taxas de juros em 0,75 ponto percentual este ano e planeja aumentar as taxas em mais meio ponto percentual em cada uma das duas próximas reuniões, com aumentos potencialmente maiores para depois disso.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Fed, liderado por Powell, foi criticado por alguns economistas por ser lento ao lidar com a inflação alta, pondo fim ao apoio emergencial à economia e iniciando aumentos das taxas de juros.

Em um artigo de opinião do Wall Street Journal publicado na segunda-feira, Biden disse que o principal papel do Federal Reserve era controlar a inflação.

Biden disse que seu “antecessor rebaixou o Fed, e os ex-presidentes procuraram influenciar suas decisões de forma inadequada durante períodos de inflação elevada. Eu não farei isso”.

O crescimento dos preços ao consumidor nos Estados Unidos desacelerou acentuadamente em abril, à medida que os preços da gasolina diminuíram para níveis recordes, sugerindo que a inflação provavelmente atingiu um pico, embora seja provável que permaneça elevada por algum tempo e faça com que o Fed mantenha o pé nos freios para esfriar a demanda.

Compartilhe esta publicação: