Bolsonaro sanciona IR menor para companhias aéreas no arrendamento de aviões

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta terça-feira o projeto de lei que reduz a alíquota do imposto de renda sobre ganhos de companhias aéreas com arrendamento de aeronaves.

Segundo comunicado da Secretaria-Geral da Presidência da República, a redução da alíquota ocorrerá de forma escalonada, partindo de zero entre 1º de janeiro de 2022 a 31 de dezembro de 2023; subindo para 1% em 2024, 2% em 2025 e 3% em 2026.

“A medida é relevante porque ameniza o alto custo operacional das companhias aéreas, e pode contribuir com a retomada do setor de transporte aéreo brasileiro após a pandemia da Covid-19”, diz trecho do comunicado.

(Por Lisandra Paraguassu, texto de Aluísio Alves)

Compartilhe esta publicação: