Camil (CAML3) anuncia distribuição de proventos e divulga resultados; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Carrefour Brasil, Usiminas, Enauta, Lojas Renner e Braskem

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (20), a Camil informou que registrou lucro líquido de R$ 143,5 milhões no quarto trimestre de 2021, e anunciou a distribuição de dividendos e JCP nos montantes de R$ 30 milhões e R$ 25 milhões, respectivamente.

Já o Carrefour Brasil informou que sua assembleia de acionistas aprovou a aquisição do Grupo Big Brasil. A operação havia sido anunciada em março do ano passado por mais de R$ 7 bilhões.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Camil (CAML3)

A Camil registrou lucro líquido de R$ 143,5 milhões no quarto trimestre de 2021, alta de 68,7% na comparação anual.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa também anunciou a distribuição de dividendos e JCP (juros sobre capital próprio), nos montantes de R$ 30 milhões e R$ 25 milhões, correspondentes a R$ 0,0836 e R$ 0,0696 por ação, respectivamente.

Os dividendos serão distribuídos no dia 1º de junho com base na posição acionária de 24 de maio, enquanto o JCP será distribuído no dia 10 de junho, com base na posição acionária de 1º de junho.

Carrefour Brasil (CRFB3)

O Carrefour Brasil informou que sua assembleia de acionistas aprovou a aquisição de 70% do capital social do Grupo Big Brasil, sendo que as ações remanescentes seriam incorporadas pela companhia, com a emissão, em favor dos acionistas do Grupo Big, de 116.822.430 novas ações ordinárias.

A operação havia sido anunciada em março do ano passado, por mais de R$ 7 bilhões. O tribunal do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) marcou para 25 de maio a análise da transação, segundo o Diário Oficial da União.

O negócio vai expandir a presença da unidade brasileira do grupo francês em regiões como o Nordeste e o Sul do país em um momento de rápida expansão do atacarejo, cujo principal rival do Carrefour Brasil é o Assaí, detido pelo também francês Casino.

Usiminas (USIM5)

A Usiminas anunciou que seu conselho de administração elegeu Alberto Ono para a presidência-executiva, no lugar de Sergio Leite, com mandato de dois anos.

O conselho também aprovou a eleição de Thiago Rodrigues para a vice-presidência financeira e relações com investidores, cargo anteriormente ocupado por Ono. Leite passa a ocupar a partir de hoje a presidência do conselho de administração.

A diretoria de planejamento corporativo será ocupada por Gino Ritagliati; e a de tecnologia e qualidade, por Toshihiro Miyakoshi.

Enauta (ENAT3)

A Enauta informou que foram aprovados hoje, pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o novo plano de desenvolvimento e a prorrogação contratual do contrato de concessão do Campo de Atlanta por mais 11 anos.

Com isso, o prazo da concessão, que era até 2033, foi prorrogado para 2044. A aprovação está condicionada ao plano de atividades proposto pela Enauta. O plano prevê a entrada do Sistema Definitivo, inicialmente com seis poços, chegando até dez poços em 2029.

Lojas Renner (LREN3)

A Lojas Renner informou que foi aprovado o aumento de capital social da companhia no montante de R$ 9,4 milhões, passando de R$ 8,978 bilhões para R$ 8,987 bilhões, divididos em 989.304.070 ações ordinárias.

Braskem (BRKM5)

A Braskem informou à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), no âmbito da venda da companhia, que a Novonor esclareceu que, “até o presente momento, não houve evolução material em qualquer alternativa relacionada à alienação de sua participação na Braskem”. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: