Carteira recomendada: Vale (VALE3) é ação mais indicada para maio, seguida por PetroRio (PRIO3)

Petroleira ganha destaque após compra do campo Albacora Leste, o que poderá quase duplicar sua produção.

Isabela Velleda
Compartilhe esta publicação:
Washington Alves/Reuters
Washington Alves/Reuters

No total, foram analisadas mais de 70 ações que receberam recomendações de bancos e corretoras em maio

Acessibilidade


Pela 19ª vez seguida, a Vale (VALE3) liderou o ranking mensal da Forbes de ações mais recomendadas, realizado a partir do levantamento de 19 carteiras dos principais bancos e corretoras do país.

A mineradora recebeu 15 indicações em maio, apoiada pela perspectiva de uma demanda crescente por aço e minério de ferro em economias desenvolvidas, especialmente na China.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“A nossa perspectiva para a empresa é otimista”, afirmam analistas da Órama Investimentos. “Retiramos a ação momentaneamente no mês passado porque esperávamos uma correção de curto prazo no preço. De fato, a ação amargou uma forte queda, e achamos interessante colocar o papel de volta na carteira.”

Em abril, os papéis da Vale registraram baixa de 12%.Isab

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em segundo lugar, ficou a PetroRio (PRIO3), com dez indicações. A alta dos preços do petróleo contribuiu para o desempenho da empresa, que também foi reconhecida por por sua estratégia de redução de custos, uma melhora na administração de recursos e pelas aquisições de novos campos de exploração.

Na última quinta-feira (28), a petroleira concluiu a compra por até US$ 2,2 bilhões do campo Albacora Leste, na Bacia de Campos, que era de propriedade da Petrobras. A aquisição permitirá que a companhia praticamente dobre de tamanho tanto em produção quanto em receita.

Em terceiro lugar, ficou a própria Petrobras (PETR3;PETR4), com oito indicações. Entre os aspectos favoráveis à estatal estão a alta dos preços do petróleo, bons volumes de produção, e redução no custo de extração com maior participação das operações do pré-sal no portfólio.

“Entretanto, vemos alto potencial para volatilidade nas ações em 2022, à medida que as eleições presidenciais se aproximam”, avaliam analistas da XP Investimentos.

Em quarto lugar, houve um empate entre JBS (JBSS3) e Weg (WEGE3), com sete indicações cada. Já em quinto lugar, ficaram JHSF (JHSF3), Itaú Unibanco (ITUB4) e Banco do Brasil (BBAS3), com seis indicações cada.

Confira as ações recomendadas pelos 19 bancos e corretoras consultados pela Forbes e os comentários de analistas sobre os papéis de maior destaque em maio:

Vale (VALE3): 15 indicações

Toro Investimentos:

A empresa apresenta uma estrutura operacional robusta, sólida geração de caixa, e um desconto de múltiplos quando comparada com seus principais pares internacionais, como Rio Tinto e BHP.

Embora a volatilidade tenha sido característica inerente dos preços internacionais do minério de ferro nos últimos meses, acreditamos que as medidas expansionistas anunciadas pelo governo chinês poderão gerar uma maior demanda com relação à commodity.

Terra Investimentos:

O cenário ainda é positivo com expectativa de manutenção na demanda do aço. A empresa continua apresentando resultados operacionais fortes. O minério de ferro na China deve manter o cenário volátil, enquanto o governo do gigante asiático continua analisando políticas de estímulos que tendem a aumentar a demanda pelo produto.

PetroRio (PRIO3): 8 indicações

MyCap:

A companhia apresentou resultados positivos e possui elevado caixa, que possibilitam investimentos em melhorias das operações e novas aquisições. Lembrando que a companhia está na finalização para aquisição do campo de Albacora, que se concluída tem potencial de triplicar a produção.

Planner:

O foco permanece na aquisição de campos maduros, redução dos custos e no incremento dos resultados, consolidando a companhia como uma das mais eficientes no segmento de exploração e produção de petróleo.

Petrobras (PETR3;PETR4): 7 indicações

Guide Investimentos:

A companhia segue apresentando bons volumes de produção e redução no seu lifting cost (custo de extração) com maior participação das operações do pré-sal no portfólio. Esperamos a entrada em operação de novos poços a médio prazo, contribuindo para o aumento na produção.

No curto prazo, alguns triggers: (i) continuidade da venda de ativos não estratégicos; (2) avanço do projeto de desinvestimento das refinarias; (3) perspectiva de novos anúncios de dividendos.

RB Investimentos:

Petrobras se beneficia do preço de petróleo em alta, diante do conflito entre Rússia e Ucrânia. Passa por uma nova troca no comando, mas com um nome extremamente bem visto pelo mercado financeiro. No entanto, compreendemos que a ação entra com uma posição para curto prazo, considerando que será tema de debate na eleição

Compartilhe esta publicação: