China vai acelerar emissão de bônus locais para amortecer desaceleração econômica

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


HONG KONG (Reuters) – A China vai acelerar a emissão de títulos especiais por governos locais para estabilizar a economia em desaceleração, disse o Ministério das Finanças nesta segunda-feira.

Em 27 de maio, os governos locais emitiram 1,85 trilhão de iuanes (278 bilhões de dólares) em títulos especiais, aumento de 1,36 trilhão de iuanes em relação a um ano antes, representando 54% de uma cota que havia sido alocada, disse o ministério em comunicado.

A China estabeleceu uma cota anual de 3,65 trilhões de iuanes para emissão de títulos especiais de governos locais neste ano.

O ministério disse que os governos locais devem garantir a conclusão básica da emissão de títulos especiais para 2022 até o fim de junho e o uso dos recursos levantados até o término de agosto.

O primeiro-ministro Li Keqiang disse na semana passada que a China se esforçará para alcançar um crescimento econômico razoável no segundo trimestre e conter o aumento do desemprego, depois de lançar uma série de políticas de apoio.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Meg Shen em Hong Kong e Ryan Woo em Pequim)

Compartilhe esta publicação: