Cielo (CIEL3) tem forte alta após JPMorgan elevar recomendação para compra

Banco elevou a recomendação de neutra para ‘overweight’, que indica momento propício para compra

Redação
Compartilhe esta publicação:

Cielo

Acessibilidade


As ações da Cielo (CIEL3) são destaque entre as altas do pregão de hoje (26). O papel da empresa brasileira de serviços financeiros avançou 11,29%, cotado a R$ 4,04.

A alta ocorre após o JPMorgan elevar a recomendação de neutra para “overweight”, indicando um momento propício para compra. O banco estabeleceu um preço-alvo de R$ 5,00, o que mostra um potencial de alta de 45% na comparação com o fechamento de ontem (25).

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Há muito tempo, estávamos preocupados com as margens da Cielo e perdas de participação de mercado. No entanto, os números operacionais trimestrais recentes mostram uma capacidade de repassar aumentos de preços em pré-pagamentos, e custos disciplinados. Somando isso ao final do ciclo de alta da Selic, temos agora uma ótima perspectiva para a empresa”, afirmaram os analistas em relatório.

Além disso, os especialistas do JPMorgan afirmam que a participação da Cielo na Cateno (joint-venture com o Banco do Brasil) vale entre R$ 9 a R$ 12 bilhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Com a venda da Merchant-E, vemos menos risco da lucratividade da Cateno ser diluída por outras subsidiárias com prejuízo”, complementam.

Segundo o banco norte-americano, a empresa deve ser capaz de distribuir 40% dos ganhos em dividendos, o que a torna mais atrativa.

Em relatório divulgado ontem (25), o Itaú BBA estimou um preço alvo de R$ 4,30 por ação, uma valorização de 18%.

“Nossa análise mostra que os volumes de transações com cartão continuaram a ganhar participação de mercado, crescendo mais rápido”, diz o banco. Em contrapartida, analistas alertam que, apesar de existirem melhores tendências de curto prazo para a Cielo, o risco-recompensa não é tão atraente.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: