Com tônica mais dura, BC do México sobe juro a 7% e cita cenário “complexo” para inflação

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) – O Banco do México elevou nesta quinta-feira sua taxa básica de juros em 0,50 ponto percentual, para 7,0%, como esperado, e ressaltou uma perspectiva de inflação cada vez mais complexa,.

Compartilhe esta publicação:

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) – O Banco do México elevou nesta quinta-feira sua taxa básica de juros em 0,50 ponto percentual, para 7,0%, como esperado, e ressaltou uma perspectiva de inflação cada vez mais complexa, dizendo que pode tomar “medidas mais fortes” para domar as pressões sobre os preços.

Acessibilidade


“Dada a crescente complexidade no ambiente para a inflação e suas expectativas, tomar medidas mais contundentes para atingir a meta de inflação pode ser considerado”, afirmou o Banxico, como o banco central do México é conhecido, em comunicado pós-reunião.

O Banxico elevou a taxa básica de juros num total de 300 pontos-base nas últimas oito reuniões de política monetária, enquanto luta para levar a inflação à meta de 3%, que tem margem de tolerância de 1 ponto percentual para cima ou para baixo.

(Por Anthony Esposito e Dave Graham)

Compartilhe esta publicação: