Consumidor dos EUA vê inflação menor no curto prazo e eleva intenção de gasto

Os norte-americanos estão nas garras da inflação mais alta em 40 anos, com poucos sinais de que ela diminuirá em breve.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Carlo Allegri/Reuters
Carlo Allegri/Reuters

Trader Joe’s, em Manhattan, na cidade de Nova York, EUA

Acessibilidade


As expectativas de inflação dos consumidores dos Estados Unidos para daqui a um ano caíram em abril, mas a previsão de inflação para o médio prazo aumentou e as expectativas de gastos das famílias atingiram um recorde, segundo pesquisa do Federal Reserve de Nova York publicada nesta segunda-feira.

A mediana das expectativas para a inflação em um ano caiu 0,3 ponto percentual, para 6,3%, enquanto a mediana para o horizonte de três anos aumentou 0,2 ponto, a 3,9%.

Os norte-americanos estão nas garras da inflação mais alta em 40 anos, com poucos sinais de que ela diminuirá em breve.

Na semana passada, o Federal Reserve elevou os juros em 0,50 ponto percentual, o maior ajuste em 22 anos, e o chair do banco central, Jerome Powell, sinalizou que as autoridades estão prontas para aprovar aumentos da mesma magnitude nas reuniões de política monetária de junho e julho, conforme o Fed intensifica sua luta para reduzir a taxa de aumento dos preços.

O aperto da política monetária tende a aliviar a inflação ao diminuir a demanda, mas a pesquisa do Fed de Nova York sugere que as famílias ainda não têm planos de cortar gastos. A mediana das expectativas para o crescimento dos gastos subiu para 8,0%, aumento de 0,3 ponto percentual sobre a pesquisa anterior e um recorde para a série.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Lindsay Dunsmuir)

Compartilhe esta publicação: