Demanda doméstica por voos da Azul dispara 70% em abril sobre um ano antes

SÃO PAULO (Reuters) – A Azul informou nesta terça-feira que a demanda por seus voos no Brasil cresceu 70,4% sobre mesmo mês de 2021, após executivos da empresa afirmarem na véspera que esperam resultado recorde.

Compartilhe esta publicação:

SÃO PAULO (Reuters) – A Azul informou nesta terça-feira que a demanda por seus voos no Brasil cresceu 70,4% sobre mesmo mês de 2021, após executivos da empresa afirmarem na véspera que esperam resultado recorde de receitas para o segundo trimestre.

Acessibilidade


A companhia elevou sua oferta no período em 70%, o que levou a taxa de ocupação de suas aeronaves no país passar de 79% para 79,2%. Ante março, a demanda doméstica da Azul recuou 1,6% e a oferta encolheu 2,5%.

“Encerramos abril com 101 meses consecutivos de demanda de lazer forte e aumentando, enquanto a recuperação da receita do corporativo está acelerando”, afirmou em comunicado o presidente da Azul, John Rodgerson.

“A receita vendida está em nível recorde, o que nos dá confiança em nosso potencial de receita para os próximos meses”, acrescentou.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Compartilhe esta publicação: