Egito diz que compras do governo estão isentas da proibição de exportação de trigo da Índia

Compartilhe esta publicação:

CAIRO (Reuters) – Nenhum acordo do governo do Egito para comprar trigo indiano será afetado por uma proibição de exportação anunciada por Nova Deli, disse o ministro de Abastecimento do Egito neste domingo.

Acessibilidade


“Para a Índia, estamos conversando com eles com base em um acordo governamental. A proibição isenta governos, incluindo o governo do Egito”, disse o ministro Ali Moselhy em entrevista coletiva.

O Egito, maior importador de trigo do mundo, enfrenta o desafio de assegurar o fornecimento do produto depois que a invasão da Ucrânia pela Rússia inflacionou ainda mais os altos preços globais e interrompeu o abastecimento relativamente barato do Mar Negro, do qual o Egito dependia cada vez mais.

O país aprovou a importação de trigo indiano, mas a Índia proibiu as exportações de trigo no sábado, conforme uma onda de calor escaldante reduziu a produção e os preços domésticos atingiram um recorde.

No entanto, a Índia disse que ainda permitirá exportações apoiadas por cartas de crédito que já foram emitidas e vendas para países que solicitam suprimentos “para atender às suas necessidades de segurança alimentar”.

O governo do Egito concordou em comprar meio milhão de toneladas de trigo da Índia, disse Moselhy em comentários separados à Reuters no domingo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Sarah El Safty e Momen Saeed Atallah)

Compartilhe esta publicação: