Fitch também corta rating do Credit Suisse, dias após S&P

Compartilhe esta publicação:

Por Brenna Hughes Neghaiwi

Acessibilidade


ZURIQUE (Reuters) – O Credit Suisse recebeu o segundo rebaixamento de nota de crédito por agências de classificação de risco nesta semana, à medida que a Fitch cortou o rating do banco suíço de A- para BBB+, após movimento semelhante da Standard & Poor’s (S&P).

Com isso, aumenta ainda mais a pressão sobre o banco suíço, que está sendo criticado por uma série de prejuízos e escândalos.

A Fitch apontou para riscos de execução, uma vez que o banco tenta se recuperar de eventos negativos que indicaram fragilidade nas culturas de risco e governança e provocaram saída em larga escala de executivos.

“O rebaixamento reflete a visão da Fitch de que a fraca rentabilidade operacional do Credit Suisse, em comparação com os concorrentes, destaca o risco de execução durante a reestruturação do grupo em um ambiente de mercado difícil e indica os desafios para o banco fortalecer seu desempenho nos próximos 24 meses, bem como para sua governança de risco”, disse a Fitch Ratings em comunicado na quarta-feira.

A Fitch mudou a perspectiva de negativa para estável.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A mudança vem após um rebaixamento na terça-feira pela S&P, que cortou a nota de crédito do Credit de BBB+ para BBB.

Os rebaixamentos aumentaram ainda mais a diferença entre o Credit e os principais rivais, incluindo o UBS, que tem um rating A- e perspectiva estável pela S&P e uma nota A+ com perspectiva também estável pela Fitch.

(Por Brenna Hughes Neghaiwi)

Compartilhe esta publicação: