Fundos macro globais brilham na indústria de hedge funds e ganham popularidade

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


Por Svea Herbst-Bayliss e Carolina Mandl

NOVA YORK (Reuters) – Hedge funds que apostam em títulos, moedas, ações e commodities estão entre os maiores vencedores do setor neste ano, superando facilmente os retornos dos fundos de crescimento e de tecnologia e se preparando para ver entradas significativas de capital à medida que o mercado de ações paira perto do território do mercado de baixa.

Os chamados fundos macro globais tiveram retorno de 10,3% nos primeiros quatro meses do ano, enquanto os hedge funds em média geraram retorno de 1,9%, segundo dados da Hedge Fund Research. O índice Standard & Poor’s 500 caiu 13% nesse período.

Ao longo dos últimos três anos, os macrofundos globais apresentaram, em média, retornos positivos, mas também ficaram atrás dos retornos mais fortes da indústria de hedge funds.

Agora, com a inflação subindo e a volatilidade aumentando à medida que os bancos centrais revertem anos de estímulo monetário, o ambiente parece ser especialmente bom para os fundos macro globais.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Esse ambiente provavelmente levará a novos influxos de capital para a estratégia em detrimento de outros fundos”, disse Eamon McCooey, chefe de serviços primários do Wells Fargo.

Os fundos macro globais investem apenas cerca de 17% dos 4 trilhões de dólares em ativos do setor, menos do que os cerca de 30% investidos por hedge funds focados em ações e os 28% investidos por fundos que apostam em eventos corporativos, mostram dados da Hedge Fund Research.

Compartilhe esta publicação: