Goldman corta a projeção de crescimento da China em 2022 para 4%

É mais provável que a economia da China não atinja do que ultrapasse seu objetivo, acrescentaram eles

Reuters
Compartilhe esta publicação:
istock
istock

Os analistas da Goldman Sachs disseram que estavam reduzindo sua previsão de crescimento do PIB da China para 2022

Acessibilidade


Os analistas da Goldman Sachs disseram hoje que estavam reduzindo sua previsão de crescimento do PIB da China 2022 para 4%, de 4,5%, como resultado dos danos à economia relacionados à Covid-19 no segundo trimestre deste ano.

É mais provável que a economia da China não atinja do que ultrapasse seu objetivo, acrescentaram eles.

“Mesmo esta projeção de menor crescimento incorpora a suposição de que a Covid estará amplamente sob controle no futuro, que o mercado imobiliário melhorará a partir daqui, e que o governo forneça uma compensação substancial através de gastos com infraestrutura nos próximos meses”, escreveram eles.

A atividade varejista e industrial da China caiu drasticamente em abril, uma vez que os lockdowns contra a Covid-19 confinaram trabalhadores e consumidores a suas casas afetaram gravemente as cadeias de fornecimento.

 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: