Ibovespa opera entre perdas e ganhos após encerrar pregão no zero a zero

Nos Estados Unidos, investidores digerem a divulgação de dados do Produto Interno Bruto

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa opera entre perdas e ganhos na abertura do pregão de hoje (26). Às 10h15, horário de Brasília, o índice estava em queda de 0,13%, a 110.436 pontos, após fechar ontem no zero a zero. O principal índice da Bolsa brasileira vai na contramão dos ganhos dos futuros de Wall Street, que tem PIB e ata do Federal Reserve em foco.

No cenário doméstico, a agenda econômica segue amena. O destaque fica ainda para a troca da presidência da Petrobras (PETR3; PETR4). Na véspera, o Conselho de Administração decidiu que a indicação de Caio Mario Paes de Andrade será submetida ao processo de governança interna, conforme prevê a Política de Indicação de Membros da Alta Administração.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Segundo analistas do Itaú-BBA, não está claro que Andrade atenderá aos requisitos do estatuto da Petrobras, já que ele tem menos de dois anos de experiência no setor.

Internacional

As ações da China terminaram em alta depois de mostrarem dificuldades para encontrar direção durante a maior parte da sessão, com os investidores se animando após declarações do primeiro-ministro, Li Keqiang, sobre a estabilização da economia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No mercado asiático, Xangai composto subiu 0,50% e o Shenzhen teve alta de 0,53%. Em Tóquio, o índice Nikkei terminou em queda de 0,27%, seguindo Hong Kong, Hang Seng, com queda igual de 0,27%. Em Seul, o Kospi perdeu 0,18% e, em Taiwan, o Taiex teve perdas de 0,84%.

Nos Estados Unidos, segue no radar o documento da reunião de política monetária do Federal Reserve (banco central dos EUA). Por lá, as autoridades apoiaram um aumento de juros de 0,50 ponto percentual para combater a inflação norte-americana, que eles concordaram ter se tornado uma grande ameaça para o desempenho da economia.

Além disso, ivestidores digerem a divulgação de dados do Produto Interno Bruto dos EUA, que caiu 1,5% no primeiro trimestre ante estimativas de economistas compilada pela Reuters de queda de 1,3%.

A atenção também fica para o índice de preços PCE dos EUA, que mostrou um incremento de 7% no primeiro trimestre. Os pedidos de auxílio-desemprego no país somaram 210 mil na semana passada, uma redução de 8 mil e menos que a ante estimativa do mercado de 215 mil, segundo pesquisa da Reuters.

Por lá, os índices futuros operam em alta. Dow Jones subia 0,62%, a 32.276 pontos; S&P 500 ganhava 0,53%, a 3.997 pontos; Nasdaq operava em alta de 0,19%, a 11.959 pontos. O dólar comercial operava entre perdas e ganhos, mas próximo à estabilidade, a R$ 4,82.

Na Europa, os índices sobem, refletindo a ata do Fed. Além disso, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, ganhou aliados importantes para seu plano de elevar os juros acima do território negativo até o final do terceiro trimestre, mesmo depois que um dos membros de seu próprio conselho expressou nesta quarta-feira algum ceticismo sobre o caminho de política monetária à frente.

(Com Reuters)

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: